Ainda sem Mari, Fluminense estreia com derrota para o São Paulo/Barueri na Superliga - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ainda sem Mari, Fluminense estreia com derrota para o São Paulo/Barueri na Superliga

Compartilhe


Não foi uma estreia como o torcedor do tricolor carioca esperava nesta terça-feira (10). Ainda sem a campeã olímpica Mari, o Fluminense foi derrotado por 3 sets a 0 para o São Paulo/Barueri, com parciais de 25/13, 25/19 e 25/23, no jogo de estreia para as equipes na competição. A partida disputada no ginásio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, teve a ponteira Karina sendo a maior pontuadora do confronto com 15 pontos marcados, o suficiente para dar a vitória ao São Paulo.

Outro nome de destaque na equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães foi a também ponta Maira, que levou o troféu Viva Vôlei após marcar doze vezes no jogo. A jovem Mayara, de 19 anos, foi a maior pontuadora do Fluminense com oito pontos assinalados.

O Fluminense ainda não pode contar com o reforço de Mari, que iniciou os treinamentos com a equipe recentemente. Além da campeã olímpica em Pequim 2008, o Flu ainda não tem a disposição Fernanda Tomé, que ainda se recupera de lesão.

Maira foi destaque na estreia da Superliga - Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Ao final do jogo, a capitã Maira do São Paulo disse que procura evoluir mais a cada nova temporada.

"Cada temporada eu tento evoluir até a cobrança comigo mesmo. Procuro evoluir e ajudar as meninas", disse a ponteira do tricolor paulista.

Em mais uma temporada no Fluminense, a levantadora Giovana pediu responsabilidade para a equipe.

"A gente precisa assumir responsabilidades. Nosso time é muito bom, temos peças experientes e boas e jovens subindo da base que também são muito boas. A gente precisa correr o mais rápido possível", comentou a capitã da equipe.

Equipes 


Fluminense: Mayara, Giovana, Dayse, Fran, Juli Lazcano, Arianne e Andressa (L). 
Entraram: Rose, Marcella, Lelê, Julia Moura, Bruna e Natasha. Técnico: Hylmer Dias

São Paulo/Barueri: Diana, Lorena, Kenya, Maira, Karina, Lorrayna e Nyeme (L).
Entraram: Jacke, Kisy, Dani Terra e Glayce. Técnico: Zé Roberto.

O jogo


O domínio do São Paulo foi evidente no primeiro set. Desde o começo da partida, era o tricolor paulista que comandava o placar, imprimindo um ritmo forte de saque e contra-ataque. O passe na mão facilitava para a levantadora Kenya distribuir para todas as atacantes e fechar tranquilamente a parcial em 25/13.

A postura do mandante foi melhor no segundo set, quando abriu 5 a 0 em saques de Giovana. No entanto, um pedido técnico do São Paulo mudou a partida e colocou o Flu em dificuldade no passe e virada de bola. A oposta Arianne ainda saiu lesionada antes do São Paulo também finalizar o segundo set com vitória em 25/19.

A última parcial também foi iniciada com o Fluminense motivado e disparando, mesmo com uma formação diferente: Julia Moura entrou de ponta na partida e Dayse assumiu a saída de rede como oposta. Foi um set de domínio das cariocas, mas se complicaram no final com dificuldades em virar o ataque. Melhor para o São Paulo, que soube pressionar e virou no final com ataque de Maira para fechar o jogo em 3 sets a 0 com 25/23 no último set.

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário