Sesc/Flamengo vence Fluminense e é campeão carioca de vôlei - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sesc/Flamengo vence Fluminense e é campeão carioca de vôlei

Compartilhe


Com 18 pontos de bloqueio, o Sesc/Flamengo bateu o Fluminense por 3 sets a 0 (25/22, 25/19 e 25/22) em partida disputada no ginásio Hélio Maurício, na Gávea, e saiu campeão do Carioca de vôlei nesta segunda-feira (19). Com 14 pontos, Amanda foi a maior pontuadora do rubro-negro. Pelo lado tricolor, a ponteira Julia Moura se destacou com 10 pontos.


As duas equipes tiverem desfalques para a partida. O Flamengo foi o mais prejudicado, tendo Juma com uma lesão no ombro, Milka se recuperando de uma fratura na mão, além da central Valquíria, ponteira Ariele e da líbero Natinha, que teve uma lesão mais grave e está de fora da temporada.


No Fluminense o problema é menor e Fernanda Tomé, Dayse e Natasha foram os desfalques com problemas físicos. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 28, em Saquarema, no confronto válido pelo campeonato Super Vôlei.


 

Times iniciais


Sesc RJ/Flamengo: Fabíola, Lorenne, Ana Cristina, Amanda, Juciely, Roberta e Drussyla (líbero). Entraram: Gabiru. Técnico: Bernardinho


Fluminense: Giovana, Arianne, Mayara, Júlia, Juliana Lazcano, Fran e Andressa (líbero). Entraram: Bruna, Rose, Marcella. Técnico: Hylmer Dias


Coluna Surto de Vôlei - Fã de Sheilla, amante de sushi e características de líder: conheça Camila Gómez, a nova líbero do Sesc Flamengo


O jogo


O Fluminense foi quem começou a partida em vantagem com um saque bastante agressivo, que forçava o erro do Sesc/Fla. Ana Cristina atacou para fora enquanto o placar marcava 13/8 para o Flu; a essa altura a equipe comandada por Bernardinho já tinha seis erros na partida. No entanto, Juciely definiu em bela sequência de saque e o Flamengou virou e fechou a parcial em 25/22.


A parcial seguinte teve início mais equilibrado. A central Fran bloqueava a também central Roberta em 10 a 10. Os bloqueios chamavam atenção para ambos os lados, mas os erros do Fluminense colocaram vantagem de quatro pontos para o Sesc (16/12). A partir daí foi só administrar e contar com os ataques de Amanda e os bloqueios de Roberta para terminar o set em 25/19.


 

O bloqueio do Sesc/Flamengo foi o diferencial, com 18 pontos no fundamento, dez deles da central Roberta. O Fluminense até tentou se recuperar com uma boa parcial de Julia Moura, a jogadora que mais virava ataques pelo tricolor das Laranjeiras. Porém, a noite era mesmo do time capitaneado por Amanda. Drussyla cresceu na defesa no fim e Lorenne explorou o bloqueio no ponto do título.


Foto: Paula Reis/Flamengo

Nenhum comentário:

Postar um comentário