Quimsa bate o Flamengo e leva o título da Champions League das Américas de basquete - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Quimsa bate o Flamengo e leva o título da Champions League das Américas de basquete

Compartilhe



Temos um novo campeão da principal competição continental no basquete masculino. A equipe argentina do Quimsa superou o Flamengo por 92 a 86 e conquistou a Champions League das Américas de basquete - antiga Liga das Américas. Esse foi o terceiro título de sua história, já que antes a equipe de Santiago Del Estero só havia ganho a Liga Sul-americana e a Copa da Argentina em 2009. Já o Flamengo, campeão em 2014, amarga o primeiro vice-campeonato dessa competição - o Flamengo foi terceiro em 2015 e quarto em 2016.


A decisão em jogo único disputado na Antel Arena em Montevidéu (URU) começou com o Quimsa dando as caras, anulando o perímetro ofensivo do Flamengo e abusando de jogadas de infiltração e da área do garrafão com os pivôs. O Flamengo não conseguiu uma resposta rápida e saiu perdendo por 27 a 19. No segundo quarto os rubro-negros equilibraram o placar com boa atuação do capitão Marquinhos, mas ainda assim sofriam em tentar parar o ala armador Brandon Robinson. O primeiro tempo terminou com 50 a 43 para o Quimsa.


No terceiro quarto o Flamengo reagiu, com sua dupla de argentinos Franco Balbi e Chuzito Gonzalez desequilibrando e não deixando mais o Quimsa invadir o seu garrafão. Com isso, o a diferença que era de 7 pontos dos argentinos, virou para 5 pontos dos brasileiros ao fim do quarto. Mas nos dez minutos finais, o Quimsa se acertou defensivamente e voltou a castigar o Flamengo no ataque, graças a grande atuação da sua dupla de americanos Robinson e Diamon Simpson. cometendo muitos erros na sua principal jogada, a bola de 3, o Flamengo viu o Quimsa virar e abrir boa vantagem, que não foi recuperada. Fim de jogo, Quimsa 92 a 86 e festa argentina


Brandon Robinson foi o grande nome do Quimsa na decisão marcando 26 pontos em 28 minutos (aproveitamento de 60% nos arremessos) e foi eleito o MVP da final. Diamon Simpson também foi decisivo com 17 pontos (88% de aproveitamento nos arremessos) e o armador Nicolas Copello foi outro que terminou  com 11 pontos. Do lado do Flamengo, Marquinhos fez 20 pontos (53% de aproveitamento) Chuzito Gonzalez marcou 16 pontos (46% de aproveitamento) e Franco Balbi fez 14 pontos (45% de aproveitamento)



Campeão continental das Américas, o Quimsa agora está qualificado para disputar o torneio intercontinental contra o San Pablo Burgos, campeão da Champions League Europeia - e mais duas equipes - uma que será anfitriã do torneio e uma equipe da G-League dos Estados Unidos, em data a confirmar em 2021.


Fotos: FIBA/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário