Pista de bobsled de Pequim 2022 receberá evento teste no dia 26 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pista de bobsled de Pequim 2022 receberá evento teste no dia 26

Compartilhe

Após sete meses de espera por conta da pandemia de coronavírus, a pista que receberá o bosbled, skeleton e luge nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022, passarão pelo processo de pré-homologação, durante um evento teste realizado na próxima segunda-feira (26). 

Os testes de pista com trenó de bobsled e skeleton serão exclusivamente realizados por atletas chineses, devido à dificuldade de deslocamento enfrentada por diversos atletas no mundo todo por causa da pandemia. Mas para os testes no luge, que ainda é uma modalidade em desenvolvimento na China, os organizadores do evento conseguiram contar com a presença de cinco atletas estrangeiros para a pré-homologação. 

O campeão olímpico de luge em PyeongChang 2018, David Gleirscher, da Áustria, está entre os convidados para o evento. Eles deverão cumprir um período de isolamento durante sábado e domingo, antes de participar do teste no Yanqing Sliding Center. 

"As precauções de segurança são muito rígidas”, disse Gleirscher à mídia austríaca antes de seu vôo para a China. “Só conheço o perfil da pista por meio de esboços. Estou muito animado com o que vou encontrar". 

A pré-homologação é um processo necessário para todas as novas pistas. Ela deve ser concluída antes que a Federação Internacional de Luge e a Federação Internacional de Bobsled e Skeleton, dois órgãos dirigentes dos esportes de deslizamento, aprovem oficialmente a pista como segura para as corridas. 

Normalmente, corredores e treinadores de muitos países comparecem para testar a pista, coletar dados e oferecer feedback, apontando qualidades e falhas antes da avaliação das federações. 

Todas as equipes das três modalidades deslizantes receberão vídeos dos testes de pista, para não saírem em grande desvantagem por não poderem participar do evento. 

A equipe dos Estados Unidos, por exemplo, está programada para enviar seus integrantes para a pista de Yanqing apenas no início do próximo ano, entre fevereiro e março. 

Foto: Reprodução/China.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário