Ostapenko elimina Pliskova e avança à terceira rodada de Roland Garros pela primeira vez desde 2017 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ostapenko elimina Pliskova e avança à terceira rodada de Roland Garros pela primeira vez desde 2017

Compartilhe

 


Campeã em 2017, a letã Jelena Ostapenko está de volta à terceira rodada de Roland Garros. Para garantir sua vaga, ela precisou derrotar a ex-número 1 do mundo, Karolina Pliskova, por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-2, em 1h09 de partida. Essa é a primeira vez que Ostapenko alcança a terceira fase do Major parisiense desde a conquista do título há três anos.


Este é o sexto Grand Slam seguido em que Pliskova não consegue alcançar as quartas de final. Sua última grande campanha ocorreu no Australian Open de 2019, quando caiu na semifinal diante a japonesa Naomi Osaka. 


O jogo


O primeiro set foi muito parelho, com as tenistas trocando quebras de saque entre os games 1 e 2 e posteriormente 3 e 6, sempre com Ostapenko saindo na frente e Pliskova tendo que tirar a vantagem do placar. 


Porém, no sétimo game a letã voltou a obter uma quebra de serviço, o que foi definitivo para a vitória na parcial. Ela fechou o set por 6-4, vencendo 35 dos 62 pontos disputados e fazendo 72% dos pontos jogados com seu primeiro saque. Ela aproveitou o baixo aproveitamento do primeiro serviço da adversária, que colocou em quadra apenas 45% do fundamento. 


A segunda parcial foi ainda mais arrasadora, com Ostapenko quebrando o saque de Pliskova novamente no primeiro game, sem ceder pontos. A vantegem foi carregada com tranquilidade, até que no sétimo game a letã conquistou nova quebra de serviço e confirmou o saque na sequência, para fechar o set em 6-2 e garantir a vitória. 


Ostapenko venceu 32 dos 51 pontos jogados na segunda parcial, e teve melhor aproveitamento dos tentos jogados com o segundo saque (73% contra 15% de Pliskova). 


Na terceira rodada, Ostapenko encara a vencedora do confronto entre a finalista de 2018, Sloane Stephens e a espanhola Paula Badosa. 


Foto: Reprodução/Twitter Roland Garros

Nenhum comentário:

Postar um comentário