Duda Luizelli faz balanço do primeiro mês à frente das Seleções Femininas de Futebol - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Duda Luizelli faz balanço do primeiro mês à frente das Seleções Femininas de Futebol

Compartilhe


Planejamento é o foco da coordenadora de Seleções Feminina, Duda Luizelli. Em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (8), ela defendeu que um padrão de crescimento é necessário para a reconstrução da modalidade. Depois de um balanço sobre o seu primeiro mês de trabalho, Duda já consegue visualizar as áreas que precisa dar atenção. Uma das estratégias de fortalecimento do futebol feminino está na elaboração de um calendário que contemple todas as categorias. 

Em setembro, Duda acompanhou de perto os trabalhos da Seleção Principal, na Granja Comary, e da Seleção Sub-20, em Pinheiral. Na última quinta-feira (8), a técnica Pia Sundhage fez uma nova convocação para treinamentos em Portimão, Portugal, entre os dias 19 a 27 de outubro, com atletas que atuam na Europa, China e Estados Unidos. 

“Nesse primeiro mês que tive a oportunidade de ir à Granja e ir à Pinheiral para observar as Seleções Principal e Sub-20. Pude analisar como serão os processos do planejamento, como vamos atuar dentro das seleções, e pensar em um padrão de crescimento para elas. Nós estamos, dentro do possível, trabalhando da melhor forma para que a gente busque adversários também. Na última convocação, a Data FIFA acabou sendo cancelada e não foi possível jogar. E, nesse momento, nós estamos indo fazer um treinamento, buscando novos adversários e planejando, para o ano de 2021 e 2022 de todas as nossas categorias, com as nossas datas, adversários”, detalha.

O trabalho de Duda Luizelli é realizado em conjunto com as comissões técnicas. E, para ela, uma comissão técnica composta por profissionais com enorme bagagem na modalidade vai garantir um desenvolvimento a longo prazo das categorias.

“Quero juntar a minha experiência de tantos anos no futebol feminino junto com uma das melhores técnicas do mundo de futebol feminino. Acho que é isso que faz com que a nossa comissão técnica seja forte. Pessoas que já passaram por Mundial, Olimpíada... Então eu tenho certeza que o Brasil vai ser muito bem representado com essa grande comissão técnica que a gente, cada vez mais, vai agregar com pessoas capacitadas a fim de chegarmos com um potencial muito grande,” finalizou.

Foto: CBF/Thais Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário