Com ouro de Bia Ferreira, boxe feminino encerra torneio na Bulgária com cinco medalhas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com ouro de Bia Ferreira, boxe feminino encerra torneio na Bulgária com cinco medalhas

Compartilhe




Beatriz Ferreira fez o boxe brasileiro subir neste sábado (24) no lugar mais alto do pódio novamente, após oito meses de espera devido à pandemia do novo Coronavírus. Bia sagrou-se tricampeã do 6th International Woman Adult and Youth Boxing Tournament Balkan, realizado na Bulgária. 


A brasileira confirmou o seu atual momento como campeã Mundial e atual melhor atleta do mundo na categoria leve (60kg). Na final ela venceu Donjeta Sadiku, de Kosovo, por decisão unânime. 


Neste evento Bia lutou contra três boxeadoras, como as atletas da Turquia e de Kosovo que foram medalhistas continentais em campeonatos de base na Europa, além de terem conquistado medalhas em diversas etapas do circuito europeu de Boxe Olímpico. 


A competição foi muito importante para a retomada das atividades em eventos “preparatórios”. Neste momento, o foco da equipe olímpica está nas eliminatórias para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A previsão é que a classificatória ocorra em Março.


Jucielen Cerqueira (57kg) realizou três lutas na competição. Na final ela acabou superada, em decisão unânime, pela veterana tri-campeã Europeia Stanamira Petrova, que foi eleita a melhor atleta da competição.


A equipe conquistou ainda mais duas medalhas de Prata com Beatriz Soares, na categoria 69kg. Na final ela perdeu para atleta da casa Melis Yonuzova, em decisão dividida e com Flávia Figueiredo (75kg) também ficou com a medalha de Prata. Ela perdeu sua segunda luta para a medalhista Mundial Sennur Demir, da Turquia, por decisão unânime.


Por fim, Graziele de Jesus (51kg) fez apenas uma luta contra Busenaz Cakiroglu, da Turquia, que foi medalha de Prata no Mundial do ano passado. Grazi ficou com a medalha de Bronze.


Segundo Mateus Alves, treinador da equipe: “a competição foi satisfatória para o regresso da equipe em competições oficiais após uma longa parada de oito meses. Dessa forma, seguiremos com a nossa preparação para os classificatórios olímpicos de março”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário