Ana Júlia é recordista brasileira sub-16 do pentatlo do atletismo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ana Júlia é recordista brasileira sub-16 do pentatlo do atletismo

Compartilhe

A potiguar Ana Júlia Batista da Hora é um exemplo de superação. Atleta do Clube Atletismo Carcará, ela brilhou em 2019 ao conseguir a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Sub-16, em Fortaleza (CE), e a prata nos Jogos Escolares da Juventude de Timbó (SC), ambos nas provas combinadas do pentatlo. Em Fortaleza, ela bateu o recorde brasileiro da faixa etária, com 3.163 pontos.

“Nada foi muito simples para a Ana Júlia, é uma menina muito humilde e como todo adolescente tem suas dúvidas sobre a vida. Em 2018 passou por alguns problemas com o peso, mas conversamos, traçamos os objetivos para 2019 e ela cumpriu tudo e o ano foi maravilhoso”, disse José Eugênio Pinheiro, treinador da atleta desde os 9 anos. “É uma menina extremamente determinada e, apesar dos problemas causados pela pandemia, não tem limite quando focada.”

Nascida em Natal, em 4 de junho de 2004, ela começou a praticar atletismo em 2013. “Algumas amigas, que praticavam o esporte, me incentivaram a treinar na pista da IFRN”, lembrou, referindo-se ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, campus de Natal. “Todas as provas do pentatlo são especiais. Normalmente eu faço também o lançamento do dardo e o arremesso de peso, no individual.”

Para o treinador, Ana Júlia é uma atleta de futuro. “Ela tem um potencial incrível, pode melhorar muito os seus resultados e só precisa se concentrar na carreira”, disse José Eugênio. Ana Júlia concorda. “Meu principal objetivo quando acabar a pandemia e voltar às competições é fazer o impossível para ser a atleta Ana Julia focada”, observou.

A atleta bateu o recorde brasileiro sub-16 no Brasileiro Caixa, em Fortaleza, ao somar 3.163 pontos, obtendo as seguintes marcas: 12.58 (-1.8) nos 80 m com barreiras, 1,55 m no salto em altura, 11,39 m no arremesso do peso, 5,17 m (-1.3) no salto em distância e 2:29.38 nos 800 m.

Foto: CBAt/Dudu Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário