Mais cinco judocas integram-se aos treinos da seleção em Coimbra, na Missão Europa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mais cinco judocas integram-se aos treinos da seleção em Coimbra, na Missão Europa

Compartilhe

A seleção brasileira de judô que na Missão Europa está concentrada em Coimbra, Portugal, para treinamentos visando à retomada das competições internacionais e da corrida olímpica, ganhou, nesta semana, o reforço de outros cinco judocas brasileiros. Felipe Kitadai (60kg/Sogipa/RS), Renan Torres (60kg/SESI/SP), Marcelo Gomes (90kg/Sogipa/RS), Jonas Inocêncio (+100kg/ECPinheiros/SP) e Laislaine Rocha (78kg/SESI/SP) desembarcaram em Portugal no último sábado, 05, e, depois de passarem por todos os protocolos de saúde, incluindo testes de COVID-19, foram liberados pela equipe médica do COB e da CBJ para os treinos no dojô luso. 

“Muito feliz em estar aqui. Muito obrigado, CBJ e COB, pela oportunidade de voltar a fazer aquilo que amo e voltar a ter uma rotina de atleta, ao lado de grandes ídolos”, disse o campeão dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019, Renan Torres, em postagem em suas redes sociais ao lado medalhista olímpico Felipe Kitadai. 

O novo grupo já integrou-se aos treinos junto aos demais atletas, brasileiros e portugueses, que estão em Coimbra desde julho. O camping do Judô em Portugal faz parte da Missão Europa, promovida pelo Comitê Olímpico do Brasil em parceria com as Confederações Nacionais, para oferecer aos atletas um ambiente seguro e controlado na preparação para Tóquio 2020. 

No Brasil, os treinos de judô ainda enfrentam grandes restrições, o que não acontece em Portugal, onde a pandemia do novo coronavírus está mais controlada e, assim, os judocas conseguem seguir um programa de treinos completo. 

O retorno às competições oficiais da Federação Internacional está previsto para o final de outubro, no Grand Slam de Budapeste, na Hungria. Antes disso, parte dos atletas que estão em Portugal lutarão a Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi, em Coimbra, no dia 26 de setembro. Esse evento é organizado pela Federação Portuguesa de Judô e não distribui pontos para o Ranking Mundial.

Foto: CBJ/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário