Duplantis supera Kendricks em disputa histórica na Diamond League de Lausanne; Thiago Braz é terceiro - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Duplantis supera Kendricks em disputa histórica na Diamond League de Lausanne; Thiago Braz é terceiro

Compartilhe

O sueco Armand Duplantis teve uma tarde de quarta-feira perfeita em Lausanne, na Suíça. Competindo na etapa exibitória da Diamond League, o vice-campeão mundial do salto com vara bateu o recorde nacional outdoor e estabeleceu a melhor marca da temporada geral, com 6,07m. Sam Kendricks foi o segundo colocado, com 6,02m, seguido por Thiago Braz, com 5,72m.

Duplantis teve uma sequência de sete saltos satisfatórios, sem nenhum erro. Ele iniciou sua trajetória na marca dos 5,62m e optou por não saltar 5,72m e 5,77m. Em seguida, saltou para 5,82m, 5,87m, 5,92m, 5,97m, 6,02m e, por fim, para 6,07m, sempre de primeira. O jovem ainda subiu o sarrafo para a altura dos 6,15m, mas acabou desistindo de saltar, pela falta de visibilidade com a chegada da noite em Lausanne (a disputa foi realizada na rua).

O sueco, de 20 anos, protagonizou uma disputa histórica com Kendricks, atual campeão mundial. Somente os dois permanecerem vivos na competição após a altura dos 5,77m e passaram todas as suas tentativas sem erro até os 6,02m. Uma marca depois (6,07m), porém, o norte-americano falhou em seus três saltos, também já prejudicado pela baixa luminosidade, e encerrou sua participação.

Com o 6,07m, Duplantis passa a ser dono da segunda melhor marca outdoor da história. Vale lembrar que ele é o atual recordista mundial do salto com vara, mas seu registro, do início deste ano, aconteceu em uma competição indoor. O antigo recorde pessoal do sueco era de 6,05m, de 2018. Sergey Bubka detém o melhor desempenho ao ar livre de todos os tempos, com 6,15m (1994).

Braz fez sua terceira competição na temporada e acabou em terceiro (Reprodução/YouTube)

O terceiro colocado da Diamond League de Lausanne foi o brasileiro Thiago Braz, que teve seu melhor desempenho da temporada ao ar livre, registrando 5,72m. Ele teve um início positivo, realizando três saltos satisfatórios (5,52m, 5,62m e 5,72m), até que errou as três tentativas para os 5,82m. 

Seu principal rival, Renaud Lavillenie, acabou em quarto lugar, também com 5,72m. Foi a primeira competição do francês após passar por uma cirurgia no polegar em julho passado.

Thiago só havia competido duas vezes na temporada outdoor e saltou para 5,50m em ambas. A última havia sido na Diamond League de Mônaco, em 14 de agosto. O brasileiro já retornará às pistas na próxima sexta-feira, onde competirá na etapa de Bruxelas do principal circuito de atletismo do planeta. Duplantis é o único dos grandes concorrentes que está inscrito.


Por ter sido uma competição exibitória, a Diamond League de Lausanne reuniu apenas provas do salto com vara. Além dos homens, as mulheres também estiveram em ação na cidade suíça. A vencedora foi a sueca Angelica Bengtsson, que saltou para 4,72m, seguida pela britânica Holly Bradshaw, a suíça Angelica Moser e a também sueca Michaela Meijer, que ficaram com 4,64m.

Foto de capa: Reprodução/Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário