Aos 40 anos, corredora Geisa Coutinho sonha com os Jogos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Aos 40 anos, corredora Geisa Coutinho sonha com os Jogos de Tóquio

Compartilhe

A fluminense Geisa Aparecida Muniz Coutinho já gravou seu nome na história do atletismo brasileiro. Aos 40 anos, comemorados em 1º de junho, a atleta nascida em Araruama, na região dos lagos no Rio de Janeiro, permanece em alto rendimento e tem tudo para integrar o revezamento 4x400 m misto nos Jogos de Tóquio, em 2021.

Como segunda colocada no Ranking Brasileiro dos 400 m de 2019, com 52.27, obtidos em julho, no Rio de Janeiro, a atleta do Pinheiros foi convidada para participar da Missão Europa/COB, que está sendo realizado no Rio Maior Sports Centre, em Portugal.

“A experiência é maravilhosa. Estou muito feliz pela oportunidade que o Comitê Olímpico do Brasil e a Confederação Brasileira de Atletismo estão me proporcionando. O centro de treinamento é espetacular para dar continuidade à preparação para os Jogos de Tóquio”, comentou Geisa, que competiu nos Jogos de Atenas-2004, Londres-2012 e Rio-2016.

Em Portugal, Geisa Coutinho teve um incentivo a mais. “Estou muito feliz por estar com meu treinador, ajustando cada detalhe dos treinos. É um prazer poder fazer parte do 4x400 m misto. O que depender de mim e do meu treinador, o Brasil será bem representado como sempre foi. Só tenho que agradecer pelas oportunidades”, complementou a atleta, referindo-se a Carlos Alberto Cavalheiro, seu treinador e coordenador do camping, como responsável pelo atletismo no COB.

“Sou extremamente dedicada aos treinos e, mesmo aos 40 anos, quero muito fazer parte do grupo do revezamento 4x400 m misto em Tóquio. Estamos classificados para a Olimpíada. Vou pedir muito a Deus para estar em Tóquio”, completou a atleta, com nove vitórias nos 400 m no Troféu Brasil Caixa de Atletismo.

Este ano, antes da pandemia, conquistou a medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano em Pista Coberta, em Cochabamba, na Bolívia, com 54.75. Ela ganhou também a medalha de bronze nos 400 m do Pan-Americano de Guadalajara-2011 e no 4x400 m em Santo Domingo-2003.

Geisa Coutinho integrou a equipe brasileira do 4x400 m misto, que garantiu qualificação olímpica ao terminar em oitavo lugar no Mundial de Atletismo de Doha, Catar, em setembro do ano passado. Na semifinal, ao lado de Anderson Henriques, Tiffani Marinho e Lucas Carvalho, o Brasil quebrou o recorde sul-americano da prova, com 3:16.22.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário