Sensação do atletismo mundial, Noah Lyles revela estar se tratando da depressão - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sensação do atletismo mundial, Noah Lyles revela estar se tratando da depressão

Compartilhe
Noah Lyles em competição nos Jogos da Inspiração

Ele é a sensação do momento e a nova estrela do atletismo norte-americano. Mas os bons resultados dentro das pistas não são necessariamente uma vitória para os atletas. Noah Lyles, campeão mundial nos 200m, confessou no último domingo (02) estar tomando remédios antidepressivos. O velocista de 23 anos já apresentou quadros de depressão no passado. Ele usou as redes sociais para divulgar publicamente a situação.

"Decidi recentemente tomar medicamentos antidepressivos. Essa foi uma das melhores decisões que tomei em muito tempo. Desde então, sou capaz de pensar sem a nuance sombria em mente de que nada importa. Obrigado Deus pela saúde mental", disse o atleta considerado o sucessor de Usain Bolt.



Não é a primeira vez que Lyles confessa ter passado por problemas mentais. Depois de ser campeão mundial em Doha, no ano passado, ele revelou como o atletismo o ajudou como rota de fuga da depressão. Quando criança ele tinha dificuldade de aprendizagem e dislexia, o que acarretou em bullying na escola. Ele viu no esporte um escape dos problemas psicológicos.

Em fevereiro, Noah Lyles reconheceu ter atendimentos com seu terapeuta para evitar um novo quadro de depressão.

"Falo com o terapeuta uma vez por semana porque me recuso a voltar à depressão", relatou no Twitter.

Recentemente ele quebrou o recorde mundial "fake", após se confundir com as raias em uma competição. Sempre descolado, Lyles leva uma vida de artista fora das pistas, onde atuava na música como rapper.

Nas corridas de velocidade, Lyles tem a quarta melhor marca da história nos 200m. Os 19.50 registrados em julho de 2019 só o deixou atrás de Usain Bolt (19.19), Yohan Blake (19.26) e Michael Johson (19.32).

Foto: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário