Seleção japonesa de basquete masculino planeja oito amistosos antes das Olimpíadas em casa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Seleção japonesa de basquete masculino planeja oito amistosos antes das Olimpíadas em casa

Compartilhe

Após 45 anos a seleção japonesa de basquete masculino voltará a disputar uma partida nos Jogos Olímpicos. Na busca por uma boa campanha na Olimpíada em casa, no ano que vem, a equipe comandada pelo técnico argentino Julio Lamas, tentará agendar até oito amistosos contra fortes seleções da Europa e América.

A revelação da programação planejada partiu do próprio técnico, durante entrevista coletiva pela internet. Porém ainda não se sabe quais países farão parte desta série de amistosos. A informação é do jornal The Japan Times.

Atual número 40 no ranking mundial da Federação Internacional de Basquete (FIBA), a seleção japonesa masculina conquistou a vaga automática para disputar o torneio olímpico, por ser o país sede. Sua última participação ocorreu nos Jogos de Montreal em 1976, quando perdeu todas suas cinco partidas. 

Nas suas seis participações olímpicas na modalidade, no masculino, a nação teve como melhor desempenho o nono lugar, conquistado em Berlim 1936. 

Lamas, técnico do Japão desde 2017, afirmou que tem verificado a situação dos atletas durante a pandemia de coronavírus e pediu comprometimento durante este período. 

"Eu disse a eles que há coisas que eles podem fazer em casa, mesmo que tenham que ficar dentro de casa", disse o técnico de 56 anos. "Disse-lhes repetidamente para prestarem atenção ao que comem". 

"Porque eles são apenas humanos, eles poderiam facilmente ser negligentes. Você pode acabar assistindo TV o dia todo. Seu valor como jogador pode diminuir, a menos que você continue trabalhando", concluiu Lamas. 

O Japão também não tem bons desempenhos na Copa do Mundo de Basquete masculino da FIBA. Em seis aparições no evento, a seleção japonesa nunca passou da fase de classificação, tendo quatro vitórias em 23 jogos. A nação sediou o evento em 2006 e receberá o torneio novamente em 2023, junto das Filipinas e Indonésia. 

Foto: Reprodução/COI

Nenhum comentário:

Postar um comentário