FIVB divulga cronograma e grupos da Liga das Nações de Vôlei de 2021; Brasília, Campo Grande e Cuiabá receberão partidas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

FIVB divulga cronograma e grupos da Liga das Nações de Vôlei de 2021; Brasília, Campo Grande e Cuiabá receberão partidas

Compartilhe

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou nesta segunda-feira o calendário da Liga das Nações (VNL) de 2021, torneio anual da modalidade. O campeonato começará no mês de maio (dia 11 para a disputa feminina e dia 14, para a masculina) e irá até o fim de junho, com as fases finais de ambos os naipes programadas para o período entre 23 e 27 de junho, um mês antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Será utilizado o mesmo formato das outras edições: as 16 equipes jogarão todas contra todas ao longo de cinco semanas. São três jogos por semana em uma mesma sede, com o local de disputa e os adversários se alterando para a rodada seguinte.

Após todas as partidas serem disputadas, os cinco melhores países se juntarão ao país-sede para a disputa da Fase Final. A Itália receberá as finais no masculino, enquanto a China, pela terceira vez, sediará os jogos decisivos no feminino.


A FIVB anunciou também o chaveamento da Primeira Fase, indicando quais países se enfrentarão em cada semana e em que local. O Brasil jogará seis partidas em casa em ambos os naipes. No masculino, Brasília receberá Sérvia, França e Japão na Semana 2, enquanto Campo Grande sediará os duelos contra Itália, Alemanha e Rússia na Semana 5. No feminino, as duas primeiras semanas terão jogos no país, em Cuiabá (Estados Unidos, República Dominicana e Canadá) e, novamente, em Brasília (Itália, Japão e Rússia).

Tabela das Seleções Brasileiras:

Masculino:
Semana 1 (14-16 de maio, nos Estados Unidos): Brasil, Estados Unidos, Argentina e Canadá;
Semana 2 (21-23 de maio, em Brasília-DF): Brasil, Sérvia, França e Japão;
Semana 3 (28-30 de maio, na Polônia): Brasil, Polônia, China e Bulgária;
Semana 4 (4-6 de junho, no Irã): Brasil, Irã, Austrália e Eslovênia;
Semana 5 (11-13 de junho, em Campo Grande-MS): Brasil, Itália, Alemanha e Rússia.

Feminino:
Semana 1 (11-13 de maio, em Cuiabá-MT): Brasil, Estados Unidos, República Dominicana e Canadá;
Semana 2 (18-20 de maio, em Brasília-DF): Brasil, Itália, Japão e Rússia;
Semana 3 (25-27 de maio, em Macau): Brasil, China, Sérvia e Bélgica;
Semana 4 (1-3 de junho, na Polônia): Brasil, Polônia, Alemanha e Tailândia;
Semana 5 (8-10 de junho, na Coreia do Sul): Brasil, Coreia do Sul, Países Baixos e Turquia.

Disputada desde 2018, a Liga das Nações terá sua terceira edição em 2021, já que o evento de 2020 foi cancelado devido à pandemia de Covid-19. O Brasil, que terminou como maior campeão dos extintos Grand Prix e Liga Mundial, ainda não venceu a VNL em ambos os naipes, com o vice-campeonato feminino em 2019 sendo o melhor resultado do país até hoje.


Foto de capa: Sylvain THOMAS/2018 FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário