Fabio Jakobsen está em coma induzido após grave acidente no Tour da Polônia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Fabio Jakobsen está em coma induzido após grave acidente no Tour da Polônia

Compartilhe

A etapa de abertura do Tour da Polônia realizada nesta quarta-feira (5) teve um final catastrófico. No sprint nos metros finais rumo a linha de chegada, o ciclista neerlandês Dylan Groenewegen espremeu o seu compatriota Fabio Jakobsen para as barreiras de proteção, causando um grave acidente. O acidente ocorreu exatamente um ano após a morte do ciclista belga Bjorg Lambrecht neste mesmo evento.

Segundo a Dra. Barabara Jerschina, responsável pelo atendimento, Jakobsen chegou a recuperar a consciência após a queda, antes de ser colocado em coma induzido. Após passar por cirurgia, o estado do ciclista é grave, mas estável. Ele sofreu lesões em múltiplos órgãos da cabeça e do peito. Ele está internado na UTI e nesta quinta-feira (6) deverá ser submetido a uma cirurgia plástica. Não há danos cerebrais nem no sistema nervoso central do atleta.

Dylan Groenewegen foi desclassificação da competição e a União Ciclística Internacional (UCI) emitiu um comunicado condenando o comportamento do atleta pela manobra e estuda algum tipo de punição: “A UCI, que considera esse comportamento inaceitável, enviou imediatamente a questão a Comissão Disciplinar, para solicitar a imposição de sanções proporcionais à gravidade dos fatos."

Um fiscal de cronometragem que foi atingido no acidente recebeu procedimentos de ressuscitação no local, sendo transportando posteriormente para o hospital. Outros ciclistas que foram atingidos no acidente foram o espanhol Eduard Prades, o belga Jasper Philipsen e os franceses Marc Sarreau e Damien Touzé. Porém, estes atletas sofreram apenas ferimentos leves.

Foto: Reprodução/Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário