Brandonn Almeida testa positivo para Covid-19 e está isolado em Portugal - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brandonn Almeida testa positivo para Covid-19 e está isolado em Portugal

Compartilhe
Brandonn Almeida Missão Europa coronavírus óculos natação


Recém-chegado em Portugal para participar da Missão Europa, o nadador Brandonn Almeida testou positivo para o novo covid-19. Ele está sendo mantido em isolamento em um protocolo preparado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), no Centro de Treinamento de Rio Maior. 

O medalhista de ouro em Pan e campeão mundial juvenil em 2015 ficará 14 dias em quarentena, com assistência médica e está sendo acompanhado por Rodrigo Brochetto, médico enviado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). A informação foi veiculada em primeira mão pelo especialista em natação Alexandre Pussieldi, através do site Best Swimming em seu Blog do Coach. 

Logicamente, o nadador especialista em 400m medley ficará de fora do Meeting de Loulé, que acontecerá entre os dias 14 e 16 de agosto na cidade portuguesa, que contará com nadadores de Andorra, Argélia, Brasil, Espanha e Portugal.

Sem apresentar qualquer tipo de sintomas, Brandonn foi isolado num protocolo que o Comitê Olímpico do Brasil já havia preparado junto ao Centro de Treinamento de Rio Maior. Ele ficará 14 dias em quarentena, com toda a assistência necessária e controle médico num quarto isolado. Colegas e pessoas mais próximas a ele passaram por novos testes, todos negativos.

O Comitê Olímpico Brasileiro publicou uma nota informando que "após a realização de exames PCR com 40 membros que chegaram a Portugal no último fim de semana (8 e 9 de agosto), os resultados apontaram 39 resultados negativos", liberando todos estes atletas para a realização de suas atividades.
Brandonn está "está assintomático e permanecerá isolado por 14 dias, onde encontra-se desde que chegou a Portugal, sendo monitorado diariamente pelo Departamento Médico da Missão. Após esse período, os exames serão refeitos. Estando tudo bem, ele será liberado para suas atividades", informa o COB.

O jovem de 23 anos é o segundo integrante que testou positivo depois de João Luiz Gomes Jr., que foi diagnosticado com o novo coronavírus antes de embarcar para Portugal. Ele também permaneceu isolado e assintomático e já está treinando com os outros colegas em Rio Maior.

Neste momento, a delegação brasileira é composta por 143 integrantes, sendo 92 atletas, nas quatro bases do COB em Portugal.

Foto: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário