Atual campeão, Nadal anuncia desistência do US Open e admite preocupação com pandemia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atual campeão, Nadal anuncia desistência do US Open e admite preocupação com pandemia

Compartilhe

Pelas redes sociais, o atual campeão do US Open, Rafael Nadal, revelou que não defenderá seu título em 2020. Preocupado com a pandemia de coronavírus, a situação vivida nos Estados Unidos e o calendário que reunirá dois Grand Slams e três Masters 1000 em um mês e meio, o espanhol optou por desistir do evento. 

"Depois de muitas reflexões, decidi não jogar o US Open deste ano. A situação é muito complicada em todo o mundo, os casos do COVID-19 estão aumentando, parece que ainda não temos controle sobre isso", disparou Nadal em sua conta no Twitter. 


"Sabemos que o calendário de tênis reduzido é bárbaro este ano, depois de 4 meses parado sem jogar, eu entendo e agradeço pelos esforços que estão colocando para que isso aconteça. Acabamos de ver o anúncio de Madri, que não será disputado este ano", acrescentou.

Tetracampeão, Nadal não ficava sem jogar o do Major estadunidense desde 2014, quando desistiu do evento por lesão no punho direito. Em 2012 ele também pulou o torneio devido uma lesão no joelho esquerdo. 

"Todo o meu respeito ao USTA, aos organizadores do US Open e à ATP por tentar organizar o evento para os jogadores e fãs de todo o mundo que vão assistir pela TV. Esta é uma decisão que eu nunca quis tomar, mas decidi seguir meu coração desta vez e, por enquanto, prefiro não viajar", concluiu o espanhol de 34 anos. 

Nos últimos três anos Nadal passou a elevar seu nível no US Open, conquistando dois títulos e fazendo uma semifinal num espaço de três anos, melhor sequência alcançada por ele neste torneio em toda carreira. 

O US Open deste ano, agendado entre os dias 31 de agosto e 13 de setembro, marcaria uma grande oportunidade para que Nadal pudesse igualar Roger Federer em títulos de Grand Slam, caso disputasse e vencesse o torneio. Porém, com sua desistência isso não será possível. 

Será a primeira vez desde 1999 em que Federer ou Nadal não disputarão o US Open. 

Foto: Edwin Martinez

Nenhum comentário:

Postar um comentário