Atual campeã, Bianca Andreescu anuncia desistência do US Open de Tênis - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atual campeã, Bianca Andreescu anuncia desistência do US Open de Tênis

Compartilhe

A tenista canadense Bianca Andreescu anunciou nesta quinta-feira (13) que não irá participar do US Open, torneio em que foi campeã em 2019. A jovem de 20 anos explicou que a pandemia prejudicou a sua preparação, além da preocupação com os riscos de contaminação pelo COVID-19.

"Depois de muitas discussões com pessoas mais próximas, tomei a difícil decisão de não voltar a Nova York este ano. Dei este passo para focar na minha preparação física e garantir que retorne pronta para jogar no meu mais alto nível. A vitória do US Open no ano passado foi o ponto mais alto da minha carreira até agora e vou sentir falta de não estar lá. No entanto, eu percebo que os desafios imprevistos, incluindo a pandemia do Covid-19, comprometeram a minha capacidade de preparação", escreveu Andreescu em seu perfil no Instagram.

Sem jogar desde outubro do ano passado, a canadense tem convivido com constantes problemas físicos. Seu último torneio foi o WTA Finals, quando desistiu ainda na fase de grupos devido a uma lesão no joelho esquerdo. Ela retornou aos treinos no início deste ano, já durante a paralisação do circuito por conta da pandemia, mas não disputou nenhuma exibição ou torneio preparatório durante esta retomada do circuito.


Atual sexta colocada do ranking mundial da WTA, Andreescu é a quarta Top 10 a anunciar ausência do torneio, se juntando a australiana Ashleigh Barty, número um do mundo, a ucraniana Elina Svitolina e a holandesa Kiki Bertens. Apesar de não defender o título em Nova York, a canadense não perderá os dois mil pontos conquistados no ano passado, pois a WTA mudou temporariamente o seu sistema de pontuação, considerando os 16 melhores resultados de cada jogadora em um intervalo de 22 meses, entre março de 2019 e dezembro de 2020.

Com as ausências de Bianca Andreescu e Rafael Nadal confirmadas, será a primeira vez em 17 anos que não teremos um Grand Slam no qual os dois campeões de simples ficaram de fora do torneio, não podendo defender o título. A última vez que isto ocorreu foi no US Open de 2003, com os estadunidenses Pete Sampras e Serena Williams.


Foto: Divulgação/Darren Carroll/USTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário