Vice-Presidente da Federação de Ginástica critica inclusão do parkour: "Perderemos nossa identidade" - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Vice-Presidente da Federação de Ginástica critica inclusão do parkour: "Perderemos nossa identidade"

Compartilhe

Cinco vezes medalhista olímpica de ouro e atual vice-presidente da Federação Internacional de Ginástica (FIG), a russa Nellie Kim teceu críticas à presença do parkour como nova disciplina do seu esporte. Segundo Kim,  a modalidade descaracteriza a essência da ginástica.

"Uma questão da qual não sou fã é um dos métodos de trabalho do nosso presidente: levar esportes de rua, quase como atletismo, para a nossa federação - como o parkour", disse Kim ao site russo sports.ru. "Na minha opinião, é mais um esporte radical. O objetivo do presidente é tornar a nossa federação a maior do mundo, chegar à frente do atletismo e do futebol enquanto atrai jovens. É bom quando tentamos atrair jovens, mas a ginástica não deve perder a cara e a identidade".

Além de se mostrar contrária à inclusão do parkour ao rol da FIG, Nellie Kim também ofereceu uma avaliação crítica da direção do atual presidente, sugerindo que a entidade poderia se "beneficiar de uma melhor governança e transparência".

"Quando eu era presidente do comitê técnico, o trabalho levava 24 horas por dia", afirmou Kim. "Pensei que o cargo de vice-presidente seria aproximadamente o mesmo: receberia uma certa área de trabalho com relatórios e responsabilidades. Mas, sob o comando do novo presidente, somos responsáveis ​​por tudo e por nada, e o presidente confia mais no aparato do escritório do que nas pessoas que as federações nacionais elegeram no Congresso".


A FIG votou para incluir oficialmente o parkour como uma nova disciplina da ginástica no seu Congresso em dezembro de 2018. A decisão foi considerada polêmica, sendo descrita pela Parkour Earth, organização que geria a modalidade anteriormente, como "sem credibilidade, legitimidade e autenticidade" e "sem validade alguma". Na época, a FIG respondeu, dizendo que são o único órgão governamental reconhecido pela Associação Global das Federações Esportivas Internacionais ou pelo Comitê Olímpico Internacional a estar envolvido na gestão do parkour.

Desde então, a FIG tem realizado eventos para promover o esporte pelo mundo. Em 2019, foi lançada a primeira Copa do Mundo da modalidade. Já a edição inaugural do Mundial de Parkour, que ocorreria em Hiroshima, no Japão, no início desse ano, acabou adiada para 2021 devido à pandemia de Covid-19. 

O presidente da FIG, Morinari Watanabe, chegou a propor a inclusão do parkour como uma disciplina adicional para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 - o programa final dos Jogos será divulgado em dezembro.


Foto: Reprodução Youtube / FISE

Nenhum comentário:

Postar um comentário