Dinamarca desiste de sediar o Mundial de Ginástica Artística de 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dinamarca desiste de sediar o Mundial de Ginástica Artística de 2021

Compartilhe

A Dinamarca abriu mão de sediar a próxima edição do Campeonato Mundial de Ginástica Artística, programada para outubro de 2021. A GymDanmark, entidade que rege o esporte no país, informou sua desistência à Federação Internacional de Ginástica (FIG) nesta terça-feira (7), alegando que problemas financeiros salientados pela pandemia de Covid-19 foram os principais responsáveis pela tomada de decisão.

"É uma situação terrível que estamos, e um duro golpe para toda a federação, principalmente para nossos ginastas, treinadores e voluntários, que trabalham há muitos anos e esperam participar desse evento em casa. Lamento muito que não possa ser realizado", disse o presidente do conselho da federação dinamarquesa, Anders Jacobsen, em comunicado.

Também para justificar a renúncia, a GymDanmark falou que o Mundial do próximo ano não terá o mesmo brilho por acontecer dois meses depois da Olimpíada de Tóquio. "Espera-se que os melhores ginastas não se inscrevam para o Mundial", pontuou a nota oficial. A federação também citou que o evento poderá acontecer de forma reduzida e com inúmeras restrições por conta da pandemia.

Em nota, a FIG lamentou o pedido de desistência dinamarquês e disse que a programação do evento será reajustada em breve. "O Comitê Executivo da FIG tomou nota desta decisão e expressou seu pesar e decepção. O Comitê examinará em breve todas as consequências resultantes dessa situação, incluindo o lançamento de um novo procedimento de licitação para este evento".

Esta seria a segunda vez que a Dinamarca receberia um evento mundial da ginástica artística. A primeira ocorreu em 2006, com Aarhus como sede, e teve Diego Hypólito com a prata no solo na ocasião. Em 2021, a capital Copenhague seria a anfitriã, na 50ª edição da competição. A GymDanmark prometeu se candidatar para receber o evento em 2025.

Depois de 2021, os dois próximos Mundiais acontecerão em 2022 e em 2023, com respectivas sedes em Liverpool, na Grã Bretanha, e Antuérpia, na Bélgica. A última edição aconteceu em outubro do ano passado, em Stuttgart, na Alemanha, e o Brasil conquistou uma medalha: ouro de Arthur Nory, na barra fixa.

Surte + Acusado de molestar menores, ginasta canadense é preso

Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Nenhum comentário:

Postar um comentário