União Ciclística Internacional avaliará suspensão de prova em caso de Covid-19 no pelotão - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

União Ciclística Internacional avaliará suspensão de prova em caso de Covid-19 no pelotão

Compartilhe

A União Ciclística Internacional (UCI) atualizou nesta terça-feira (21) o seu protocolo médico de Covid-19 antes da retomada da temporada 2020. A entidade confirmou que vai assumir a responsabilidade de decidir se deverá parar uma prova se surgir um caso de coronavírus em alguma equipe no pelotão.

Na versão atualizada do protocolo, a UCI informa que será constituído um grupo formado por representantes da entidade, das equipes, dos ciclistas, da organização da prova, por médicos das equipes e por um médico especializado em Covid-19 designado para o evento. Este grupo será responsável por reunir e informar para a UCI todas as informações relacionadas ao evento, cabendo a entidade tomar a decisão mais adequada à situação, após consultar os organizadores e autoridades nacionais.

Para as provas será criada uma "bolha", em que só entram os ciclistas e membros do staff que tiverem resultados negativos de Covid-19. Para isso, todos deverão passar por dois testes, o primeiro a ser feito seis dias antes da prova e o segundo faltando três dias para o início do evento. 

Nas três Grandes Voltas (Tour de France, Giro d'Italia e Vuelta a España), também serão feitos testes durante os dias de descanso. Nas provas de um dia, os ciclistas devem relatar os sintomas logo pela manhã. Já nas provas por etapas, todos devem informar sintomas pela manha e à noite em cada dia.

O protocolo da UCI visa também medidas de distanciamento social e regras especiais de alojamento nos hotéis de cada equipe. As cerimônias de pódio também serão adaptadas, com a entidade sendo responsável por protocolo especial de antidoping.

A retomada do circuito mundial está prevista para o dia 1° de agosto com a clássica Strade Bianchi, prova de um dia disputada na região da Toscana, em território italiano.

Foto: Divulgação/UCI

Nenhum comentário:

Postar um comentário