Paixão por equinos faz astro do goalball Leomon Moreno superar estresse na quarentena - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Paixão por equinos faz astro do goalball Leomon Moreno superar estresse na quarentena

Compartilhe

Para qualquer atleta de alto rendimento, o período de quarentena por conta do novo coronavírus tem se mostrado um duplo desafio: além de se virar nos trinta para manter a forma com treinos adaptados, há o incômodo de permanecer tantas horas do dia enclausurado em casa. No caso do melhor jogador de goalball do planeta, a solução para superar essa rotina vem a galope.

Em Riacho Fundo II, uma região administrativa do Distrito Federal, o ala Leomon Moreno, de 26 anos, encontra na paixão por animais a sua maneira de aliviar o estresse.

"Os animais ficam em uma chácara a uns 20 minutos aqui de casa. Então, às vezes, vou pra lá para dar uma voltinha, matar a saudade. Estou usando isso até como válvula de escape para não ficar muito preso dentro de casa", contou o jogador do Santos-SP e da Seleção Brasileira, em uma live.

Na chácara, ele tem a companhia das mulas Kiara e Morena, das éguas Princesa e Imperatriz, e do cavalo Estilhaço, um mangalarga marchador. "Vamos eu, minha esposa e meus irmãos, que já estão conosco no dia a dia, e algum amigo para dirigir o carro. Lá é bem arejado e não tem aglomeração", ressalta Leomon, eleito o melhor da modalidade em 2018, quando o Brasil conquistou o bicampeonato mundial. 

Diante do cenário de incertezas sobre o retorno aos treinos normais, o ala tem recorrido a soluções caseiras para não minimizar perdas. É a chamada "musculação raiz", como ele mesmo definiu durante a conversa: "Pego caixa de som para fazer bíceps e tríceps. Se tem um botijão de gás ali solto, vou lá e pego para fazer algum exercício. Claro que não é a mesma intensidade de treinamento, mas consegui me manter", diz.

Lua de mel estendida

Em março deste ano, Leomon trocou alianças com a também jogadora de goalball Milena Nogueira, atleta do Santos. Poucos dias após a cerimônia no religioso, foi decretada a quarentena em boa parte do país. Além da sorte de conseguirem se casar antes da pandemia se alastrar Brasil afora, os dois ainda ganharam uma lua de mel esticada.

A rotina do casal, invariavelmente, acaba caindo no assunto favorito dos Moreno. "Cara, penso que a Milena tem um pouco de ciúmes, porque falo muito de goalball. Ela também confabula comigo, gosto de passar experiências, de incentivar para ela evoluir no que precisa. Às vezes, a gente vai desanimando na quarentena, passa um ou dois dias de treino, e ela puxa minha orelha, fala 'bora treinar'. A gente se completa", comemora o astro.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário