Felizes pela volta dos treinos, 76 atletas embarcam para Portugal e inauguram a Missão Europa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Felizes pela volta dos treinos, 76 atletas embarcam para Portugal e inauguram a Missão Europa

Compartilhe

Passados quatro meses do fechamento temporário do Centro de Treinamento Time Brasil, devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) dá passos importantes em direção à retomada dos treinamentos dos principais atletas olímpicos do país. Na tarde desta sexta-feira, 17, uma delegação de 112 pessoas, sendo 76 atletas, do COB e de seis modalidades (boxe, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, nado artístico e natação), embarcou rumo a Portugal para o início da primeira fase da Missão Europa. 

"A Missão Europa e a reabertura do Centro de Treinamento Time Brasil são fundamentais porque possibilitam ao atleta retomar o treinamento dele em ambiente controlado. Tínhamos essa preocupação por entender que os atletas viviam essa ansiedade de retomar o seu trabalho. Nós não podíamos ficar para trás. Ver essa Missão acontecer é muito importante pela tranquilidade que estamos dando aos atletas", disse Marco La Porta, vice-presidente do COB e chefe da Missão Europa. 

Para terem a viagem ao exterior autorizada, os membros do Time Brasil precisaram realizar um exame PCR a três dias do voo e apresentar resultado negativo para a Covid-19. Além de cumprirem uma série de protocolos sanitários, que previnem a contaminação do vírus, os integrantes tiveram que assinar um Termo de Ciência da Política de Prevenção e Enfrentamento ao Assédio Moral e Sexual e ao Abuso Sexual, lançada em 2018 pelo COB, que reforça o compromisso da entidade em garantir um ambiente saudável, de acolhimento, orientação, proteção e prevenção aos atletas e todos os agentes envolvidos no esporte olímpico. 

"É um sentimento de muita felicidade e de alívio em poder voltar para o ginásio. Ficar três meses treinando só em casa é complicado. Aqui estou me sentindo indo para as Olimpíadas. Muita gente, toda a delegação, outros esportes, tudo bem organizado. É uma motivação para todo mundo", disse o ginasta Arthur Zanetti. "Estou bem tranquilo de viajar porque todos que embarcaram no avião fizeram os exames e deram negativo. Chegando lá, vamos testar de novo, e só quem tiver negativo vai pro ginásio. Isso nos deixa bem aliviados e focados apenas no treinamento", completou o campeão olímpico e mundial nas argolas. 

Duas novidades no embarque para Lisboa foram as medalhistas olímpicas Jackie Silva, ouro no vôlei de praia em Atlanta 1996, e Isabel Swan, bronze na vela (classe 470) em Pequim 2008, que exercerão o papel de embaixadoras do Time Brasil na Europa, dando palestras, transmitindo suas experiências aos atletas e interagindo com os torcedores brasileiros nas redes sociais do COB. Movimento semelhante foi realizado nos Jogos Pan-americanos Lima 2019, com a presença da pentatleta Yane Marques, sem falar na participação de dezenas de ídolos do esporte nacional nos Jogos Escolares da Juventude. 

"Eu acredito que hoje é um momento diferente. Importante estar reunindo a equipe num centro de treinamento para esse resgaste já que falta apenas um ano para os Jogos Olímpicos. Minha experiência de quatro ciclos olímpicos e de estar na Comissão Atletas é justamente mostrar a importância do atleta ter sua representatividade, que existe esse caminho, e também para entender como acontece essa governança do esporte. Isso, no futuro, vai gerar uma voz mais estruturada para os atletas", disse Isabel. 

"Estou muito entusiasmada com essa Missão, que vem numa hora muito importante. Minha função vai ser passar essa experiência, de participar de três Jogos Olímpicos. Fico feliz de poder compartilhar minha história porque essa troca, um bate-papo é muito válido para esses atletas", afirmou Jackie. 

O COB também criou um canal de ouvidoria específico para a Missão Europa com ligações gratuitas: o 800 181 717. O canal de denúncia vai funcionar de julho a dezembro, mesmo período em que o Time Brasil estará em treinamento. O canal de denúncias garante total anonimato e sigilo. 

"O COB se preocupa com a segurança dos atletas em todos os níveis. Na Missão Europa, não seria diferente. Além de todos os protocolos pensando na proteção ao coronavírus, estamos também olhando com carinho para as questões éticas, dando seguimento às melhores práticas de Governança que o COB já adota", diz o vice-presidente do COB, Marco La Porta.

Foto: COB/Alexandre Castello Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário