Curso do IOB de prevenção ao assédio no esporte será obrigatório para profissionais de projeto infantil de triatlo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Curso do IOB de prevenção ao assédio no esporte será obrigatório para profissionais de projeto infantil de triatlo

Compartilhe

O projeto Escolinha de Triatlo Formando Campeões, idealizado pelo medalhista pan americano Juraci Moreira, determinou que os profissionais ligados ao projeto paranaense façam o curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE), elaborado pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB). Toda a equipe técnica deverá apresentar o certificado de conclusão do curso. 

O projeto, que completa cinco anos em 2020, leva o esporte a 320 alunos da rede pública. 

O curso do IOB tem como objetivo difundir o tema, contribuindo para a cultura de prevenção, enfrentamento e adoção de boas práticas. O PEAAE, que é gratuito e está com inscrições abertas, tem formato de ensino a distância (EAD), e em menos de dois meses atraiu cerca de 3.000 profissionais da área, entre eles mais de 750 atletas e ex-atletas. Em junho, a Confederação Brasileira de Canoagem anunciou que o PEAAE será pré-requisito para a participação de eventos da Canoagem Brasileira em 2021. 

Para o coordenador do projeto Escolinha de Triatlo Formando Campeões, Ricardo Júnior Cardoso, o curso do IOB traz segurança e cria um ambiente mais responsável e saudável para todos. "Acredito que todas as pessoas envolvidas com o esporte, como gestores, coordenadores, técnicos, atletas e familiares deveriam fazer esse curso. Ele cria caminhos para que o assédio e o abuso não aconteçam no meio esportivo e até escolar", diz Ricardo. 

Foto: Divulgação/Rafael Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário