Jogos Olímpicos da Juventude de Dakar 2022 são adiados para 2026 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Jogos Olímpicos da Juventude de Dakar 2022 são adiados para 2026

Compartilhe

Durante teleconferência com a imprensa na manhã desta quarta-feira (15), o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, anunciou que a próxima edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, inicialmente programada para ocorrer em Dakar, no Senegal, em 2022, foi adiada para 2026.

A decisão foi tomada após reunião do Conselho Executivo da entidade, que avaliou os impactos da pandemia de Covid-19 sobre os Jogos Olímpicos. Com o adiamento dos Jogos de Tóquio para 2021, o COI realizaria uma sequência de três Olimpíadas em um curto espaço de tempo (Tóquio 2020, Pequim 2022 e Dakar 2022). Após discussões com a Comissão Organizadora e com o presidente de Senegal, Macky Sall, as duas partes entraram em acordo para adiar os Jogos da Juventude para 2026.

“Este acordo amigável ilustra a confiança mútua entre o Senegal e o COI", disse Thomas Bach. "Gostaria de expressar meus sinceros agradecimentos ao Presidente Macky Sall, um grande amigo e defensor do Movimento Olímpico, por esta relação excepcional de confiança e qualidade. Por todas essas razões, tenho certeza de que juntos organizaremos fantásticos Jogos Olímpicos da Juventude Dakar 2026 para o Senegal, todo o continente africano e todos os jovens atletas do mundo".

Ainda segundo Bach, "o COI e Senegal entendem que esta notícia será decepcionante para muitos jovens atletas, mas ambas as partes só podem apelar ao seu entendimento". O presidente sugeriu que as federações de cada esporte ofereçam experiências semelhantes à olímpica em seus campeonatos juvenis e de base durante o período que leva até 2026. 

Os Jogos Olímpicos da Juventude de 2026 serão o primeiro evento olímpico na história a ocorrer no continente africano. Dakar, no Senegal, foi escolhida como sede de forma unânime na 133ª Sessão do COI em outubro de 2018, em Buenos Aires, na Argentina.

Foto: Reprodução/COI

Nenhum comentário:

Postar um comentário