Campanha do Polo Aquático Brasil arrecada mais de 4 toneladas de alimentos e produtos de higiene - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Campanha do Polo Aquático Brasil arrecada mais de 4 toneladas de alimentos e produtos de higiene

Compartilhe

A PAB - Polo Aquático Brasil encerrou a campanha solidária contra o coronavírus com mais de 4 toneladas de alimentos arrecadadas em forma de cestas básicas, 500 litros de álcool em gel e quase 9 mil máscaras de proteção. A ação social durante a pandemia de COVID-19 envolveu os 13 clubes filiados da entidade e teve duração de três semanas. 

Os produtos arrecadados foram doados para instituições de caridade indicada pelos times nas cidades de paulistas de Bauru, Jundiaí, Santos e São Paulo e na região metropolitana do Rio de Janeiro (RJ).

Os atletas de polo aquático se envolveram diretamente na campanha desde a divulgação nas redes sociais, recebimento das doações e entregas. ''A pandemia do coronavírus paralisou todas as competições da Liga PAB (Polo Aquático Brasil), mas nós continuamos trabalhando em diversas ações em prol da comunidade. As participações dos dirigentes e dos atletas foram fundamentais para alcançar esse volume de arrecadação'', disse Alessandro Moscal Checchinato, presidente da PAB.

Os 4.162,53 kg de alimentos arrecadados em cestas básicas foram entregues para as famílias ABDA que necessitam e comunidades carentes de Bauru (SP), Escola Alef Peretz, Cruz Vermelha, Projeto da ADABS, Projeto Cuidar, Céu Jaguaré, Hospital infantil Darcy Vargas e Associação Eleonora Evaristo.

Os 512.8 litros de álcool gel foram doados pelos clubes às entidades: Escola Alef Peretz de Paraisópolis, Babilônia Utopia, Associação ASSINDES SERMIG Arsenal da Esperança, INCA VOLUNTÁRIO, ADABS, Projeto Cuidar, hospital infantil Darcy Vargas, CEU do Jaguaré, Ocupação Alcântara Machado, Casa Geriátrica sociedade beneficente das damas israelitas.

Já as 8.762 máscaras foram destinadas à Comunidades do Pq. Viaduto, Pousada, Mary Dora e Jd. América (Bauru), Escola Alef Peretz Paraisópolis, Inca Voluntário, projeto da ADABS, Projeto Cuidar, Céu Jaguaré, hospital infantil Darcy Vargas, Alcântara Machado, ONG ALEA e Amarati (Jundiaí).

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário