Brasil conquista dois ouros, duas pratas e um bronze no Sul-Americano de tiro e salto em casa do Pentatlo Moderno - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil conquista dois ouros, duas pratas e um bronze no Sul-Americano de tiro e salto em casa do Pentatlo Moderno

Compartilhe

O Brasil sai do Campeonato Sul-Americano virtual de tiro a laser e salto em casa com um saldo bem positivo: foram cinco medalhas conquistadas no total, dois ouros, duas pratas e um bronze. Dos 11 pentatletas do país que participaram das disputas, cinco subiram no pódio online do torneio.

As conquistas mais recentes aconteceram neste domingo, 19, último dia das provas, quando Maria Eduarda Costa, de 14 anos, levou o ouro na categoria sub-15; Isabella Costa, 9, e Isabela Zuchi,11, o bronze (a primeira sub-11 e a segunda sub-13); e Ana Clara Bezerra,14, o bronze (sub-15).

Na sexta, 17, João Marcos Santos, 12, já havia conquistado o ouro na categoria sub-12.

No Sula de tiro e salto em casa, os pentatletas tiveram que completar séries de cinco acertos de tiro intercalados com saltos em uma estrutura montada entre o atleta e o alvo. A quantidade de séries e a altura da estrutura dependiam de cada categoria.

Para ser campeão, por exemplo, Maria Eduarda teve que encarar três séries com a estrutura a 20 cm do solo. Durante a prova, assim como os demais competidores, a paulista esteve a 10 metros de distância do alvo. A cada disparo, ela teve que tocar com a pistola na mesa de apoio.

Argentina campeã geral
Organizado pela Federação Equatoriana de Pentatlo Moderno, o Sula de tiro e salto em casa dará um certificado digital especial aos campeões e aos vice-campeões. O terceiro colocado só ganhará o documento caso sua categoria tenha tido mais de 10 inscritos. Todos os demais competidores receberão um certificado similar por participação.

O torneio virtual contou com 129 pentatletas de oito países (Argentina, Brasil, Bolívia, Equador, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela). Foram 73 homens e 56 mulheres. A média de idade dos competidores foi de pouco mais de 15 anos.

Com 39 representantes, a Argentina liderou o quadro geral de medalhas. Das 33 distribuídas nos 14 eventos do torneio, o país vizinho conquistou cinco ouros e duas pratas, totalizando sete medalhas. O país organizador, que teve 21 competidores, ficou em segundo lugar com três ouros, quatro pratas e dois bronzes. Já o Brasil foi o quarto na relação, com os dois ouros, duas pratas e um bronze ganhos.

Finais do domingo (19)
Sub-11 feminino
Yocxeanny Zerpa (VEN) 1min04s x 1min06s Isabella Costa (BRA) 

Sub-13 feminino
Dara Salazar (ECU) 1min37s x 1min54s Isabela Zucchi (BRA)

Sub-15 feminino
María Naranjo (ECU) 1min43s x 1min17s Maria Eduarda Costa (BRA)

Foto: Divulgação/CBPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário