Bicampeão mundial, snowboarder australiano Alex Pullin morre aos 32 anos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bicampeão mundial, snowboarder australiano Alex Pullin morre aos 32 anos

Compartilhe

Uma manhã triste para o esporte olímpico. O australiano Alex Pullin, bicampeão mundial do snowboard cross, faleceu nesta quarta-feira, aos 32 anos, após um acidente de mergulho. Ele se afogou quando praticava pesca submarina, em Palm Beach, em Gold Coast, na Austrália.

Segundo a imprensa local, "Chumpy", como era apelidado, foi visto inconsciente debaixo d'agua por um mergulhador, que relatou que o atleta estava sem máscara de oxigênio e com um arpão na mão. O corpo foi elevado até terra firme por um salva-vidas. Pullin chegou a ser tratado pelos paramédicos, mas não demonstrou reação e sua morte foi oficializada.

Entidade máxima do snowboard australiano, a Snow Australia disse que ficou "chocada e triste" com a morte de Pullin. "Alex era um membro amado da comunidade Snow Australia e sentirá muita falta dele", afirmou em comunicado. "Um atleta incrível, um companheiro de equipe querido e um modelo, você fará muita falta".

Porta-bandeira da Austrália nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014, Pullin participou de três edições olímpicas, tendo o sexto lugar de PyeongChang como o melhor resultado, e foi campeão mundial em 2011 e em 2013. Segundo o executivo-chefe do Instituto Olímpico de Inverno da Austrália, Geoff Lipshut, o atleta havia decidido se aposentar no mês passado, mas optou por não anunciar a notícia de momento.

Diversos esportistas australianos postaram mensagens em suas redes sociais lamentando o falecimento do snowboarder, como o ex-patinador Steven Bradbury, dono da primeira medalha de ouro de seu país em Olimpíadas de Invernos. "O mundo sentirá falta de um humano tão talentoso e de um bicampeão mundial sem ego e sem egoísmo, que é o melhor companheiro de todos", disse.

Foto: OwiAus

Nenhum comentário:

Postar um comentário