Julius Yego vê Tóquio 2020 como a última chance de alcançar seu maior sonho: o ouro olímpico - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Julius Yego vê Tóquio 2020 como a última chance de alcançar seu maior sonho: o ouro olímpico

Compartilhe

O lançador de dardos queniano Julius Yego está em busca de ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, adiados para ano que vem, acreditando que poderia ser sua última oportunidade de subir ao pódio. Yego completará 32 anos no ano que vem e 35 anos na época de Paris 2024, portanto, o Tokyo 2020 provavelmente será o último Jogos em que ele poderá competir em alto nível.

"Para mim, levo as Olimpíadas de Tóquio em 2021 muito a sério", disse Yego à agência de notícias chinesas Xinhua. "Este será o último jogo em que poderei competir ao mais alto nível. A idade é um fator importante nesse esporte e eu terei 35 anos quando chegar a próxima Olimpíada."

Yego consolidou seu lugar como um dos melhores arremessadores africanos da história quando conquistou a prata no Rio 2016, um ano depois de se tornar o primeiro queniano a ganhar ouro no Campeonato Mundial de Atletismo em um evento de campo.

Desde 2016, Yego sofre de lesões na virilha e no tornozelo, mas está usando a quebra imposta pelo coronavírus na competição como uma chance de se recuperar. Ele acrescentou: "Na minha própria capacidade, treinando em casa com recursos limitados, ainda quero viver o sonho.

"Farei tudo o que puder para me tornar campeão olímpico, me tornar campeão olímpico é o meu maior sonho, algo que sempre me inspira" disse o atleta. "No entanto, no fundo da minha mente, rezo para que eu consiga encontrar alguém que siga os meus passos."

Ele ganhou uma medalha de ouro nos Jogos Africanos, mas não obteve as boas marcas na final do dardo no Mundial do ano passado. As lesões prejudicaram o queniano em 2017 e 2018, que incluiu o último lugar na final do dardo no Mundial de 2017 e a não classificação para a final dos Jogos da Commonwealth em 2018, apesar de ser o atual campeão.

Agora com uma marca de 87,73 metros em relação ao ano passado, a Yego é a 11ª no ranking mundial e superou o padrão de entrada em Tóquio 2020. O queniano recebeu o apelido de "Sr. YouTube" em seus primeiros dias como atleta profissional, por ter aprendido a jogar o dardo a partir de vídeos na plataforma.

Foto: Diamond League

Nenhum comentário:

Postar um comentário