Grande destaque do rugby sevens sul-africano, Cecil Afrika pode perder Jogos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Grande destaque do rugby sevens sul-africano, Cecil Afrika pode perder Jogos de Tóquio

Compartilhe


Estrela do Rugby Sevens da África do Sul, Cecil Afrika pode perder os Jogos Olímpicos de Tóquio depois de não ter recebido uma nova oferta de contrato da seleção.

O atleta de 32 anos estaria nas Olimpíadas, mas a pandemia de COVID-19 alterou o calendário e fez com que os Jogos fossem adiados para o ano que vem, além do contrato previsto para o atleta.

O gerente de alto desempenho do time de Sevens da África do Sul, Marius Schoeman, confirmou ao site especializado Sport24 que o contrato de Afrika não seria renovado por mais uma temporada e que a lenda dos “Blitzbok”, como a seleção sul-africana é conhecida, foi informado do fato há um ano.

"Cecil, infelizmente, se lesionou um pouco nos últimos dois anos", disse Schoeman. "Cerca de um ano atrás, comunicamos a ele que seu contrato só chegaria ao fim das Olimpíadas. Ele sabia que era seu último ano”.

Schoeman destacou que foi uma decisão difícil, devido à importância de Afrika para o time dentro e fora de campo.

"Eu e o treinador Neil Powell discutimos muito intensamente e não foi uma decisão que tomei sozinho como gerente de alto desempenho. Ele não estava apenas contribuindo no campo, mas fora dele também, compartilhando todo o seu conhecimento com os jovens jogadores, o que tornou a escolha difícil para nós", afirmou.

Afrika é considerado por muitos na África do Sul como o maior jogador de rugby sevens de todos os tempos. Ele fez parte dos três títulos sul-africanos do World Seven Series, em 2009, 2017 e 2018. Durante seus 11 anos de carreira, Afrika conquistou também o ouro nos Jogos da Commonwealth de Glasgow em 2014 e o bronze nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio.

Apesar de não renovar o contrato de Afrika, Schoeman não descarta dar uma nova chance para o jogador.

"Se ele decidir jogar em algum lugar e ficar em boa forma e não se machucar, ainda poderíamos convidá-lo para o treinamento pré-olímpico. Nunca daremos as costas aos jogadores. Tenho certeza que Neil lhe dará uma oportunidade de provar a si mesmo”, declarou.

Foto: Reprodução/Instagram: @cecilafrika

Nenhum comentário:

Postar um comentário