Golfista brasileiro Rodrigo Lee participa de primeiro dia de torneios após paralisação do circuito por coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Golfista brasileiro Rodrigo Lee participa de primeiro dia de torneios após paralisação do circuito por coronavírus

Compartilhe

O golfista brasileiro Rodrigo Lee esteve em ação durante o primeiro dia de retomada do Korn Ferry Tour, uma divisão secundária do PGA Tour, após mais de 90 dias de paralisação do circuito por conta da pandemia de coronavírus. Lee e outros 155 golfistas, disputam o Korn Ferry Challenge, evento realizado no clube TPC Sawgrass, em Ponte Vedra Beach, na Flórida. 

Mas a primeira rodada foi um pouco difícil para o golfista brasileiro, que completou os 18 buracos ficando com a 139ª posição, cinco tacadas acima da expectativa ideal projetada pelo torneio (70). 

Atual número 1085º no ranking mundial da modalidade, Rodrigo Lee conseguiu três birdies, um deles logo 1º primeiro buraco da partida. Chegou a estar empatado com o campo no 10º buraco, mas não conseguiu manter a regularidade, cometendo sete bogeys durante todo o percurso. 

Lee volta ao campo nesta sexta-feira (12), às 10h01, horário de Brasília, de acordo com a programação do evento. 

O líder isolado do primeiro dia de competições do Korn Ferry Challenge foi o golfista francês Paul Barjon, que ficou seis tacadas abaixo do par do campo. Mantendo sempre a regularidade, Barjon fez seis birdies, abrindo duas tacadas de vantagem para os outros oito atletas que ficaram empatados na segunda colocação. 

Charles Schwab Challenge

O PGA Tour também retomou suas atividades nesta quinta-feira (11), com a abertura do torneio Charles Schwab Challenge, realizado no Colonial Country Club, em Fort Worth, no Texas. Cerca de 150 golfistas passaram pelo campo e todos respeitaram o distanciamento social de 1,5 metro. 

O ambiente diferenciado, criado pelo resultado de não receber fãs no clube, foi quebrado em algumas oportunidades, por pequenos grupos de 'curiosos' que surgiram próximos aos buracos 3, 4, 15 e 16. No entanto, a maioria dos jogadores declarou incômodo e estranheza ao jogar sem torcida. 

"É o que temos que fazer", disse Rory McIlroy. “É com isso que teremos que conviver no futuro próximo. Se é para isso que eu tenho que me adaptar para poder retomar o circuito e voltar ao trabalho essencialmente, então estou feliz em fazer isso", concluiu. 

Entretanto, nem tudo está perdido para os fãs, que é claro, puderam assistir a primeira rodada do evento por streaming, pela televisão norte-americana ou até mesmo acompanhando via livescore, com atualizações de campo minuto a minuto.  

Dentro de campo, o primeiro dia de competições terminou empatado entre dois golfistas. O inglês Justin Rose e o norte-americano Harold Varner III. Ambos terminaram o percurso realizando 63 tacadas, sete abaixo do par do campo. 

Rose e Varner III fizeram sete birdies cada. Mostrando regularidade, nem o inglês e nem o norte-americano cometeram erros, não ficando nenhuma vez em déficit com a previsão do campo. 

A surpresa do dia foi o grande desempenho do venezuelano Jhonattan Vegas, atual número 163 do ranking mundial. Ele completou o percurso em 3º lugar, empatado com outros três golfistas, ficando seis tacadas abaixo do par. Vegas fez os 18 buracos com sete birdies e um bogey. 

Atual número 1 do ranking mundial do golfe, o norte-irlandês Rory McIlroy não teve dia tão fácil, ficando apenas em 35º lugar, empatando com outros 19 golfistas, com duas tacadas abaixo do par do campo. 

Os golfistas retornam aos gramados do Colonial Country Club nesta sexta-feira (12), a partir das 8h. 

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário