Sun Yang recorre no Tribunal Federal Suíço contra decisão de banimento por oito anos da natação - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sun Yang recorre no Tribunal Federal Suíço contra decisão de banimento por oito anos da natação

Compartilhe

O nadador chinês Sun Yang recorreu ao Tribunal Federal da Suíça em uma última tentativa de reverter a decisão de seu banimento por oito anos da natação e consequentemente conseguir competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021. 

De acordo com o jornal The Australian, os advogados de Yang interpuseram recurso contra a decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS) um dia antes do prazo final para recorrer. 

Um membro da equipe jurídica de Yang já havia dito no início deste ano que apelaria da decisão para o Tribunal Federal Suíço logo após o veredito ser anunciado em fevereiro.

O Tribunal Federal da Suíça apenas rege com base em questões processuais e nos direitos humanos, e não fará um julgamento sobre a interpretação da lei pelo painel do CAS.

O nadador de 28 anos recebeu o tempo máximo de suspensão que um atleta pode receber pelo CAS, depois de ter destruído um frasco de amostra de sangue com um martelo, durante exame antidoping. O recurso apresentado pelo atleta não significa a paralisação ou cancelamento de seu banimento. Ele não poderá realizar nenhuma atividade ligada à natação. 

Yang nega irregularidades e alega que os oficiais que realizaram o teste em sua casa não possuíam as credenciais corretas para tal atividade. Mas o painel do CAS concordou com a Agência Mundial Antidoping (WADA) de que o credenciamento dos oficiais de controle antidoping, que fizeram o teste com Yang, estava alinhado com os padrões internacionais.

Em sua decisão, o CAS afirmou que Yang "falhou ao tentar estabelecer a justificativa de que tinha um motivo real para destruir o frasco de amostra". 

Foto: Lee Jun-Man/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário