Morre Ashley Cooper, lenda do tênis australiano - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Morre Ashley Cooper, lenda do tênis australiano

Compartilhe

Morreu o ex-tenista Ashley Cooper, uma lenda da modalidade na Austrália. Em nota divulgada nesta sexta-feira (22), pela Tennis Austrália, o ex-número 1 do mundo faleceu após uma longa doença. Ele tinha 83 anos.

Cooper fez parte do time australiano da Copa Davis, campeão na edição de 1957, quando ganhou uma das partidas na final contra os Estados Unidos. 

Além disso, o ex-tenista faturou quatro títulos de Grand Slam em simples e outros quatro em duplas, conquistando o troféu nas duas categorias durante o Australian Open de 1958. 

"Ashley era um gigante do jogo, tanto como um jogador brilhante, quanto como um administrador inteligente, e fará muita falta", disse Craig Tiley, CEO da Tennis Australia .

“Sua contribuição para o esporte foi muito além de suas façanhas na quadra de tênis. Seu rico legado inclui o magnífico Queensland Tennis Center, um projeto pelo qual ele era apaixonado, nutrindo o desenvolvimento desde o início e resultando no retorno do tênis internacional de classe mundial à cidade de Brisbane", afirmou Tiley. "Ashley também foi o mais humilde dos campeões e um ótimo homem de família. Nossos corações se voltam para sua esposa Helen e sua família, junto com seu amplo e internacional círculo de amigos, incluindo muitos de nossa enorme família do tênis". 

Ao longo de sua vida, Cooper foi homenageado pelos papéis que desempenhou, incluindo a honraria da Ordem da Austrália, a inclusão no Hall da Fama do Tênis Internacional e do Australiano e o Hall da Fama de Queensland Sports. Uma ponte que dá acesso aos visitantes do Queensland Tennis Center é nomeada em sua memória.

Foto:

Nenhum comentário:

Postar um comentário