Federação Japonesa de Caratê aponta para mudança na classificação olímpica de atletas do país em duas categorias - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Federação Japonesa de Caratê aponta para mudança na classificação olímpica de atletas do país em duas categorias

Compartilhe


A Federação Japonesa de Caratê anunciou que poderá refazer o sistema de classificação de duas categorias para os Jogos de Tóquio, de acordo com a publicação japonesa do Japan Times. A decisão acompanha o posicionamento da Federação Mundial de Caratê (WKF) de prolongar o período de qualificação via ranking até o ano que vem, retirando a vaga dos atletas anteriormente garantidos.

Masao Kagawa, que preside o Comitê de Desenvolvimento da Federação Japonesa, disse que instruirá a entidade a refazer a qualificação para as divisões de 61 kg para homens e de 67 kg para mulheres.

Essa postura está associada os ideais da WKF, que esboçou na quarta-feira (20) um sistema de qualificação revisado para as Olimpíadas, com base nos rankings da federação de maio de 2021. O novo sistema visa corrigir "oportunidades perdidas" após a interrupção no calendário do esporte em 2020, e exige que alguns caratecas voltem a disputar uma vaga.

Após o cancelamento dos eventos de qualificação da WKF na Premier League, em março, Naoto Sago e Mayumi Someya haviam sido selecionados como representantes olímpicos com base nos rankings da época. O sistema de qualificação revisado prevê, no entanto, que Sago enfrentará a competição de Hiroto Shinohara na divisão masculina de 67 kg, enquanto Someya enfrenta Ayumi Moriguchi pelo lugar nos 61 kg. Como anfitrião, o Japão recebe automaticamente vagas em todas as oito classes de peso nos Jogos de Tóquio.


Foto: KYODO/Japan Times

Nenhum comentário:

Postar um comentário