Arthur Nory aproveita pausa e é submetido à cirurgia visando Olimpíadas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Arthur Nory aproveita pausa e é submetido à cirurgia visando Olimpíadas

Compartilhe

O campeão mundial da ginástica artística Arthur Nory foi submetido a cirurgia no ombro esquerdo. A artroscopia foi realizada nesta sexta-feira (22), no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Com a cirurgia, o atleta espera ficar livre de dores para retornar a carga ideal de treinos visando as Olimpíadas de Tóquio.

O campeão mundial da barra fixa e medalhista olímpico no solo já vinha sentido dores desde o ano passado e havia programado a cirurgia para pós Tóquio 2020, visando não atrapalhar a preparação na reta final. Contudo, com o adiamento das Olimpíadas para o ano que vem, os médicos decidiram pelo procedimento imediato para não piorar o quadro clínico.

Arthur Nory após terminar sua série vitoriosa no Mundial de Stuttgart - Foto: Ricardo Bufolin/CBG
Nory após série vitoriosa no Mundial de Stuttgart (ALE) - Foto: Ricardo Bufolin/CBG
O procedimento cirúrgico realizado pelos ortopedistas Breno Schor e Benno Ejnisman transcorreu bem e o atleta deve receber alta neste sábado (23). Segundo relatório médico assinado pelo Schor, a cirurgia ocorreu "conforme o planejado, sem apresentar intercorrências". Em nota, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) confirmou que o Arthur Nory deve voltar a treinos físicos em algumas semanas, com o início da reabilitação prevista para a próxima semana.

"Treinos completos de ginástica, sem restrições, deve ocorrer num prazo entre quatro e seis meses", dizia a nota.

O atleta vinha sendo acompanhado de perto pelos médicos da Seleção Brasileira e do Pinheiros EC, clube no qual ele defende. Segundo a CBG, "há um ano ele faz terapias por ondas de choque, infiltração guiada por ultrassom, fisioterapia, repouso relativo e medicações, sem contudo apresentar melhora significativa".

É o quarto procedimento cirúrgico nos ombros do Arthur Nory. No entanto, é a primeira vez que ele apresenta problemas no ombro esquerdo.

Foto: Wolfgang Rattay/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário