Após diversas críticas, revista remove paródia feita com emblema dos Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Após diversas críticas, revista remove paródia feita com emblema dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe

O Clube de Correspondentes Estrangeiros do Japão (FCCJ) excluiu uma paródia feita com o emblema dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que foi publicada na capa de sua revista, depois de ser muito criticada pelos organizadores da Olimpíada.

A imagem em questão esteve presente nos portais online e na edição de abril da revista Number 01 Shimbun e revela a união do logo de Tóquio-2020 com o símbolo do coronavírus, numa possível alusão ao adiamento da Olimpíada por conta da pandemia.

"Claramente, a capa ofendeu algumas pessoas em nosso país anfitrião, o Japão. Gostaríamos de expressar nosso sincero arrependimento a qualquer pessoa que possa ter se ofendido por todos os lados da questão", disse o presidente da FCCJ, Khaldon Azhari, em uma conferência de imprensa realizada nesta quinta-feira, 21.

Azhari tomou a decisão de excluir a imagem depois de consultar advogados, confirmando que isso, de fato, infringia os direitos autorais de Tóquio-2020, algo que foi alegado pelo comitê organizador no início da semana. Os organizadores também disseram que foi "insensível" da parte da FCCJ fazer tal postagem no meio de uma crise sanitária que matou centenas de milhares de pessoas.

"Considerando que estamos no meio de uma pandemia global e estamos em crise no Japão e em mais de 70 países, decidimos que agora não é um bom momento para entrar em disputas legais por direitos autorais", disse o Azhari.

O CEO do comitê organizador dos Jogos de Tóquio, Toshiro Muto, disse que os organizadores receberam um pedido de desculpas da FCCJ. "É o que queríamos e (a FCCJ) tomou a decisão apropriada. Estou ciente de que o problema foi resolvido agora", afirmou Muto.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estavam programados para ocorrer no verão deste ano, mas tiveram que ser transferidos para o próximo ano, dada sua impossibilidade de realização por conta das restrições impostas pela Covid-19. O megaevento está agendado, agora, para acontecer entre 23  de julho e 8 de agosto de 2021. Os organizadores estão trabalhando firme para reprogramar as competições.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário