Tenista italiano Fabio Fognini revela medo de transmitir coronavírus para família e outras pessoas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tenista italiano Fabio Fognini revela medo de transmitir coronavírus para família e outras pessoas

Compartilhe

Campeão de duplas no Australian Open de 2015, o tenista italiano Fabio Fognini afirmou que tem medo de transmitir coronavírus para a família, além de outras pessoas e que não consegue imaginar como será o tênis após a crise da pandemia de coronavírus.

"No momento acho difícil pensar em quando competiremos novamente. Sou honesto, eu não teria ido aos Jogos Olímpicos. Não sei se voltarei à Ásia. Meu maior medo não é me infectar, mas infectar os outros. Não sou mais sozinho, sou pai e marido", disse o tenista. 

Fognini falou também sobre a expectativa de retorno do circuito. "Eu tenho a minha ideia. Em 2020 não será mais jogado (circuito). Como um diretor de torneio pode assumir a responsabilidade pela saúde dos jogadores, da equipe técnica, da mídia e dos espectadores?" apontou o tenista. "Até que eu esteja 110% seguro, não vou me mover. Perderei dinheiro, ranking. Não tem problema", afirmou. 

Apesar de se mostrar contra o retorno do circuito, foi confirmada a participação de Fognini no torneio organizado pelo treinador de tênis Patrick Mouratoglou, em sua academia, com portões fechados,  nos dias 16 e 17 de maio. David Goffin, Benoit Paire e Alexei Popyrin também anunciaram presença no torneio. 



Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mouratoglou Tennis Academy (@mouratoglou_tennis_academy) em


Fognini aproveitou para criticar dirigentes de futebol da Itália por quererem retomar a temporada do futebol em meio a pandemia de coronavírus. A Itália foi a primeira nação européia a registrar casos da doença. Já morreram mais de 24 mil pessoas no país.

"Para mim, eles são loucos. Milhares de pessoas morreram e eles estão pensando em futebol. Eles brincam com a saúde das pessoas, só perseguem seus negócios. Qual é o sentido de retomar a competição sem espectadores? Qual é o sentido ver um San Siro vazio? Não existe, não pode ser", disse o tenista italiano.

Foto: Divulgação/Australian Open

Nenhum comentário:

Postar um comentário