GP de judô paralímpico na Grã-Bretanha é cancelado; etapa em Baku segue indefinida - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

GP de judô paralímpico na Grã-Bretanha é cancelado; etapa em Baku segue indefinida

Compartilhe

A Associação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA), em conjunto com a Associação Britânica de Judô, anunciou o cancelamento do Grand Prix de Nottingham, que aconteceria nos dias 11 e 12 de abril na Inglaterra e contaria pontos para o ranking mundial. A decisão vai de encontro ao planejamento do governo britânico para impedir a propagação do novo coronavírus (COVID-19).

O Brasil seria representado no evento por 13 atletas: Giulia Pereira, Karla Cardoso, Maria Núbea Lins, Lúcia Teixeira, Alana Maldonado, Meg Emmerich, Rebeca Silva, Thiego Marques, Luan Pimentel, Harlley Arruda, Arthur Silva, Antônio Tenório e Wilians Araújo.

"Ao sediar grandes eventos, a segurança e o bem-estar de todos os envolvidos, incluindo atletas, oficiais, espectadores, voluntários e funcionários, são a prioridade absoluta. É com grande pesar que o Comitê Organizador Local, em conjunto com a IBSA, concordou em cancelar este evento", afirmou Andrew Scoular, executivo-chefe da Associação Britânica de Judô, ao site oficial da IBSA.

"Agora, revisaremos o caminho da qualificação para Tóquio 2020 à luz das mudanças e garantiremos que todos sejam mantidos informados à medida que avançamos", disse Henk van Aller, diretor executivo da IBSA.

Foto: Divulgação


Nenhum comentário:

Postar um comentário