Francesa medalhista olímpica no hipismo adestramento morre aos 75 anos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Francesa medalhista olímpica no hipismo adestramento morre aos 75 anos

Compartilhe

A francesa Margit Otto-Crepin, medalhista de prata no hipismo adestramento dos Jogos Olímpicos de Seul-1988, faleceu no último domingo (19), aos 75 anos, vítima de uma doença não especificada.

Nascida na Alemanha em 1945, ela mudou sua nacionalidade na década de 1970, depois de se casar com o francês Daniel Crepin. Antes com o sonho de trabalhar na Unesco, conheceu o hipismo através do marido, que disputava competições amadoras de saltos.

Ela tornou-se um símbolo do hipismo francês. Sua estreia em competições internacionais foi em 1981, no Campeonato Europeu, após conquistar dois títulos nacionais seguidos. Participou, também, do Mundial de 1982 e da Olimpíada de 1984. 

Suas principais conquistas, no entanto, vieram quando teve o cavalo Corlandus como parceiro. Além da medalha olímpica, o conjunto foi campeão europeu em 1987, prata em 1989 e bronze em 1991. Corlandus se aposentou após não passar na inspeção da Olimpíada de Barcelona-1992. A amazona ainda foi bronze no Europeu de 1995. 

Ao fim da carreira, Margit foi presidente da Clube Internacional de Pilotos de Adestramento, membro da Federação Equestre Internacional (FEI) e líder da equipe francesa.

Foto: Dirk Caremans

Nenhum comentário:

Postar um comentário