Feliciano Lopez considera injusto antecipar retorno do circuito de tênis durante pandemia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Feliciano Lopez considera injusto antecipar retorno do circuito de tênis durante pandemia

Compartilhe

O tenista espanhol Feliciano Lopez declarou não estar positivo sobre o futuro da temporada de tênis e que uma antecipação da retomada do circuito durante a pandemia pode ser injusto com muitos países. 

"Para ser honesto, não tenho muita certeza se o tênis voltará neste ano. Acho que é um esporte muito global, os jogadores viajam muito. Há torneios em todo o mundo também e acho que o fato de alguns países terem restrições diferentes de outros tornam as coisas muito, muito difíceis", declarou Lopez. 

O espanhol teme que situações impeçam alguns tenistas de competir. "A retomada só poderá ser feita se não houver mais restrições para entrar e sair dos países. Se, por exemplo, em setembro, eu não puder ir para a América. Ou se eu chegar lá e tiver que ficar em quarentena. Não é justo que alguns jogadores tenham a chance de competir e outros não" apontou Lopez.

Mesmo antes de completar dois meses de paralisação do circuito, muitos jogadores já sofrem com problemas financeiros. Lopez acredita que mesmo após o retorno, os torneios de tênis e seus atletas ainda deverão sentir muitos efeitos da crise ocasionada pela pandemia. 

"A situação é muito ruim. Em todo o mundo vamos ver muitos torneios lutando para sobreviver e acho que nosso foco em geral tem que ser sobreviver a partir de 2021", disse Lopez. "A crise vai ser enorme".

"Talvez os Grand Slams e os maiores torneios tenham que contribuir de alguma forma. Eu acho que ao invés de pensar em jogar quatro, cinco ou seis torneios no final deste ano, nós temos que começar a pensar em 2021. Sabe, a primeira coisa que é cortada em uma empresa que atravessa uma crise, são os patrocínios que ela oferece. Se não tivermos patrocinadores, como podemos sobreviver", avaliou. 

Foto: Theo Karanikos/Tennis Austrália

Nenhum comentário:

Postar um comentário