Após adquirir roupa de falecido boxeador olímpico em leilão contra coronavírus, zagueiro do Manchester City devolve peça ao pai do atleta - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após adquirir roupa de falecido boxeador olímpico em leilão contra coronavírus, zagueiro do Manchester City devolve peça ao pai do atleta

Compartilhe

O jogador de futebol Aymeric Laporte, zagueiro do Manchester City, protagonizou um belo gesto de solidariedade no último final de semana. O francês devolveu a roupa utilizada pelo falecido pugilista Alexis Vastine em Londres-2012 a seu pai, após tê-la arrematado em um leilão de combate ao coronavírus.

O leilão foi organizado pelo jogador de handebol Cyril Dumoulin, que tem um fundo cujo objetivo é arrecadar dinheiro para auxiliar os profissionais da linha de frente durante a pandemia. O pai de Vastine, Alain, havia doado o traje olímpico utilizado pelo filho em Londres-2012 a Dumoulin. 

Alexis Vastine representou a França em duas Olimpíadas no peso meio-médio do boxe. Ele foi medalhista de bronze em Pequim-2008, mas não teve a mesma atuação em Londres-2012. Em 2015, morreu num acidente de helicóptero aos 28 anos, quando filmava um reality show de sobrevivência.

Laporte adquiriu o kit do boxeador por quase R$ 29 mil e depois o devolveu ao pai do ex-atleta,  de forma voluntária. A atitude foi muito elogiada pela comunidade esportiva, e principalmente por Dumoulin.

"Quando os fatos falam mais que palavras!Obrigado, @Laporte, que venceu este leilão com o desejo de deixar essa roupa para o pai! Seu talento é ótimo, seu coração também!", agradeceu o organizador do leilão através de sua conta no Twitter.



Tradução: "O pai do pugilista francês Alexis Vastine colocou em leilão as roupas dos Jogos Olímpicos de 2012 de seu filho para ajudar a arrecadar dinheiro para os profissionais de saúde na França. Alexis morreu em um acidente de helicóptero em 2015. Aymeric Laporte comprou o equipamento de boxe antes de devolvê-lo diretamente ao pai de Vastine".

Laporte é um dos principais nomes da equipe do Manchester City, atual bicampeão da Premier League, o campeonato inglês, estando presente no "Time do Ano" da temporada de 2018-2019.  Ele atua ao lado de três brasileiros: Ederson, Fernandinho e Gabriel Jesus. Este último, inclusive, pode ser um dos nomes da seleção brasileira olímpica nos Jogos Olímpicos do próximo ano.

Diversos jogadores de futebol também estão contribuindo no combate ao coronavírus. A lista é encabeçada por Cristiano Ronaldo e Messi que já doaram mais de um milhão de euros (quase R$ 6 mi) cada um. Outros, como o polonês Robert Lewandowski e o sueco Zlatan Ibrahimovic, criaram fundos de doações. 

Foto: Reprodução/Instagram_@laporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário