Pré-Olímpico de Polo Aquático Feminino é adiado por conta do coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Pré-Olímpico de Polo Aquático Feminino é adiado por conta do coronavírus

Compartilhe

A Federação Internacional de Esportes Aquáticos (FINA) anunciou alteração na programação do Pré-Olímpico de polo aquático feminino devido ao surto do coronavírus. O evento estava marcado para ocorrer nos dias 8 a 15 de março, em Trieste, na Itália, e foi remanejado para 17 a 24 de maio, no mesmo local.

A competição foi adiada devido ao crescente número de casos do Covid-19 na Itália. O País da Bota é o local fora da Ásia com mais casos do vírus e já superou a marca de mil infectados. 

De acordo com o portal wpdworld, as equipes corriam o risco de ficar de quarentena após a disputa do torneio. Com o perigo iminente, a Federação Italiana de Esportes Aquáticos já adiou todos os eventos esportivos planejados para esta semana.

Ao todo, dez seleções tentarão três vagas a Tóquio por meio do qualificatório olímpico feminino de polo aquático: Países Baixos, França, Itália, Uzbequistão, Eslováquia, Grécia, Hungria, Israel, Nova Zelândia e Cazaquistão.

A FINA relatou ainda, que, as disputa do pré-olímpico masculino não teve alterações. O evento continua programado acontecer em Rotterdam, nos Países Baixos, entre 22 e 29 de março. Doze países, incluindo o Brasil, estarão na disputa pelas três vagas olímpicas.

Foto: Reprodução/FINA

Nenhum comentário:

Postar um comentário