Nova geração do judô brasileiro conquista nove medalhas na estreia do Aberto Pan-Americano de Bariloche - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Nova geração do judô brasileiro conquista nove medalhas na estreia do Aberto Pan-Americano de Bariloche

Compartilhe

Quatro ouros, duas pratas e três bronzes. Estas foram as conquistas do judô brasileiro neste sábado, 07, no primeiro dia de disputas do Aberto Pan-Americano de Bariloche, na Argentina. Com direito a duas dobradinhas, a jovem delegação brasileira dominou o torneio, que teve categorias bem esvaziadas.

Willian Lima (66kg), Maria Taba (52kg), Michael Marcelino (73kg) e Gabriella Moraes (63kg) conquistaram o ouro; Laura Ferreira (48kg) e Charles Chibana (73kg) foram prata; e Renan Torres (60kg), Gabrielle Gonzaga (57kg), Samara Oliveira (63kg) ficaram com o bronze.

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) enviou à Bariloche judocas das categorias de base que buscam experiência em eventos da classe sênior. De acordo com a CBJ, "a estratégia é parte do programa de transição da CBJ para renovação constante da equipe principal". Cada campeão somou 100 pontos no ranking olímpico.

As duas dobradinhas brasileiras vieram nas categorias 73kg masculina e 63kg feminina. Entre os leves, Michael Marcelino ficou com o ouro e Charles Chibana foi prata. Cada um venceu duas lutas antes de chegar na decisão. 

Entre as meio-médios, Gabriella Moraes conquistou o ouro após vencer a argentina Agustina de Lucia na final, a carrasca de Samara Oliveira na semifinal. Samara acabou com o bronze, após vitória sobre Belen Tittarelli, também da Argentina.

Campeão mundial júnior, Willian Lima foi mais um que conquistou o ouro, na categoria até 66kg. O meio-leve venceu duas lutas e bateu o chileno Sebastian Perez na grande decisão. 

Em uma categoria com apenas oito atletas, Maria Taba ganhou o ouro das meio-leves após vencer a peruana Brillith Gamarra Carbajal na final. Antes, bateu Ludmila Pisciotto, da Argentina, e Elizabeth Segura, do Chile.

Laura Ferreira perdeu a decisão das ligeiras para Keisy Perafan, da Argentina, e ficou com a medalha de prata. Ela venceu outras duas lutas. Eduarda Francisco, na mesma categoria, foi derrotada na disputa do bronze por Jacqueline Solis, da Guatemala, e terminou na quinta colocação. 

Renan Torres venceu duas lutas, perdeu uma e foi bronze na categoria até 60kg após derrotar o argentino Carlos Maldonado na disputa do terceiro lugar. Gabrielle Gonzaga também foi bronze no peso leve, vencendo Sasha Munoz, do Chile, na decisão da medalha.

Neste domingo, 08, as disputas do Aberto Pan-Americano de Bariloche continuam com outras sete categorias. Seis brasileiros entrarão em ação: Thaliá Oliveira (70kg), Guilherme Schimidt (81kg), Caio Brígida (81kg), Marcelo Augusto (90kg), Igor Morishigue (90kg) e Lucas Lima (100kg).

Foto: Reprodução/Twitter_@notíciascbj

Nenhum comentário:

Postar um comentário