Brasil conquista a prata com Joilson Junior no primeiro dia do Pan-Americano de Luta - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil conquista a prata com Joilson Junior no primeiro dia do Pan-Americano de Luta

Compartilhe

A equipe brasileira estreou no Pan-americano de Luta nea sexta-feira, em Ottawa, no Canadá. Joilson Júnior ficou com a medalha de prata na categoria até 72kg do estilo greco-romano. O Brasil ainda foi representado por Guilherme Evangelista até 97kg e Marat Garipov até 60kg que terminaram em 5º lugar em suas respectivas categorias olímpicas. Neste sábado, a equipe brasileira retorna ao tapete de lutas com Angelo Moreira até 77kg e Ronisson Brandão até 87kg, ambos no estilo greco-romano. O wrestling feminino também estreia com Karoline Santana até 59kg e Brenda Aguiar até 72kg.

O cazaque naturalizado brasileiro Marat Garipov (60kg) estreou nas quartas de finais contra Gustavo Martinez, da Venezuela. Garipov conseguiu passar para as costas do oponente, emendou dois roulé e abriu 6 a 0 no placar. A arbitragem assinalou mais dois pontos para Garipov o que encerraria a luta. No entanto, o córner do venezuelano lançou o challenge e a pontuação não consignada. Martinez conseguiu diminuir o placar para 6 a 2 ao passar para as costas de Garipov antes do fim do primeiro round. No segundo período, Gari segurou o ímpeto do adversário e venceu por 6 a 5.

Na semifinal, Garipov foi vencido por superioridade técnica (8 a 0) pelo colombiano Dicther Castaneda e seguiu para disputa do terceiro lugar. A medalha de bronze foi decidida contra o guatemalteco Emerson Ordonez. Garipov se esforçou bastante mas acabou superado por 4 a 3 e fechando o torneio em 5º lugar.

A categoria de Guilherme Evangelista (97kg) foi disputada no sistema de grupos com dois atletas. Na estreia, Guilherme enfrentou o canadense Thomas Barreiro. Por causa da proximidade com a seletiva olímpica, Barrero que não estava 100% fisicamente e decidiu não lutar e o brasileiro foi declarado vencedor. Na segunda rodada, Guilherme enfrentou o hondurenho Kevin Mejía e depois o venezuelano Luillys Perez Mora. Em ambas oportunidades, Guilherme foi batido por superioridade técnica e não avançou às semifinais. O paulista terminou na quinta colocação geral.

Para evitar o desgaste na perda de peso antes da seletiva olímpica, Joilson Júnior (72kg) lutou em categoria não olímpica do torneio. A categoria foi decidida em confronto único contra o norte-americano Raymond Bunker III. O brasileiro conseguiu uma queda de dois pontos ainda no primeiro round e controlava bem a luta a dois minutos do fim do combate, quando foi punido com o par terre por falta de combatividade. Bunket III conseguiu o roulé e somou mais dois pontos, além do obtido com a punição e virou o placar para 3 a 2 e ficou com a medalha de ouro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário