Thiago Wild luta, mas é eliminado do Rio Open de Tênis; Brasil com três jogadores na semifinal das duplas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Thiago Wild luta, mas é eliminado do Rio Open de Tênis; Brasil com três jogadores na semifinal das duplas

Compartilhe

Último brasileiro na chave de simples, Thiago Wild lutou, mas não resistiu e foi derrotado na quinta-feira (20) por Borna Coric (CRO) nas oitavas de final do Rio Open de Tênis.

O croata venceu o primeiro set, viu o brasileiro empatar e ganhou a partida no tiebreak. Foi a vitória de número 50 da carreira dele no piso de saibro em torneios ATP. “Sabia que seria difícil, que ele teria toda torcida a seu favor. Mesmo sem ainda ter jogado contra ele, assisti sua estreia e esperava por dificuldades”, disse o tenista de 23 anos, ex-número 12 do ranking e que disputa o Rio Open pela primeira vez.

O próximo adversário de Coric, o italiano Sonego, eliminou o sérvio Dusan Lajovic, cabeça de chave número 2, por 7/6 (5) e 7/6 (5). Sonego, de 25 anos e atual número 52 do mundo, disputa sua primeira quartas de final de um ATP 500. O italiano tem um título na carreira, em Antalya 2019. “Coric é um ótimo jogador, tem vitória sobre Federer, tenho que tentar fazer o meu melhor em quadra”, disse Sonego, que quando chegou no Rio vinha de uma sequência de 11 derrotas.

Convidado pela organização para jogar a chave principal, Wild saiu contente por ter alcançando a segunda rodada. “Foi uma boa partida, tive minhas chances, mas não aproveitei. De qualquer maneira saio daqui vendo o lado positivo da minha participação. Acho que estou mais maduro, que meu jogo evoluiu, e tive uma melhora na parte física bem grande”, disse o jogador de 19 anos, que fez o jogo mais longo da história do Rio Open, com 3h50, na estreia contra o espanhol Alejandro Davidovich Fokina.

Melo, Monteiro e Meligeni na semifinal do torneio de duplas
O Brasil colocou três representantes nas semifinais da chave de duplas do Rio Open de Tênis. O favorito Marcelo Melo e seu parceiro, o polonês Lukazs Kobut, venceram o tcheco Roman Jebavy e o eslovaco Igor Zelenay por 6/4 e 6/2, nesta quinta, e enfrentam nesta sexta os italianos Salvatore Caruso e Federico Gaio, no segundo jogo da quadra 1.

Já Thiago Monteiro e Felipe Meligeni derrotaram Orlando Luz e Rafael Matos por 6/3 e 7/6 (7), e encaram o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horácio Zeballos, às 17h.

Os italianos Caruso e Gaio eliminaram Bruno Soares e o croata Mate Pavic por 6/4, 4/6 e 10/4, nesta quinta.

“Não nos sentimos bem em quadra, é uma pena perder na frente dessa torcida mais uma vez”, disse Bruno, que foi semifinalista cinco vezes no Rio Open.

O melhor resultado de um brasileiro no torneio é o vice-campeonato de Melo, em 2014, em parceria com o espanhol David Marrero. “Jogamos muito bem hoje, mostramos mais consistência e mantivemos o ritmo do início ao fim”, disse Melo.

Monteiro e Meligeni, derrotados na chave de simples, receberam convite para jogar duplas no Rio Open.

Na semifinal enfrentarão os favoritos Granollers e Zeballos, especialistas de duplas. Zeballos é o terceiro do ranking mundial e já disputou a semi no Rio em 2017 e 2018. “Estamos jogando bem, nos entendendo em quadra. Eles são os favoritos, mas entraremos na semi confiantes depois desses dois jogos”, disse Meligeni.

Foto: FOTOJUMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário