Sete brasileiros e o objetivo de brilhar no Aberto de Portugal de Tênis de Mesa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sete brasileiros e o objetivo de brilhar no Aberto de Portugal de Tênis de Mesa

Compartilhe

Os mesa-tenistas brasileiros iniciam, nesta quarta-feira (12), a caminhada no Aberto de Portugal, competição challenge plus do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, em Lisboa. Serão sete atletas do país na disputa: Bruna Takahashi, Caroline Kumahara, Cazuo Matsumoto, Humberto Manhani, Jessica Yamada, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy. Objetivos comuns, com caminhos bem diferentes, em mais uma oportunidade de brilhar internacionalmente. Conheça, a partir de agora, o momento de cada um destes atletas e os jogos confirmados no torneio (horários de Brasília):

Bruna Takahashi – Número 45 do mundo, Bruna joga “em casa”, já que é atleta do Sporting de Lisboa. Depois de ter se classificado pela primeira vez para a chave principal de um evento platinum do Circuito (Aberto da Alemanha, em janeiro) e ter feito jogo duro com a japonesa Mima Ito, número 3 do ranking, não foi adiante na Copa Pan-Americana. A longa viagem é um desafio a mais. É a cabeça de chave número 12 do individual, 7 de duplas mistas (com Vitor Ishiy) e 10 do sub-21.

Estreias: Sub-21 – Fase de 32 - Quarta, 15h40, contra Camille Lutz (FRA); Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversária a definir); Dupla feminina (joga com a sérvia Andrea Todorovic) – Fase preliminar 1 - Quinta, 14h25, contra Ema Labosova e Nikoleta Puchovanova (RUS); Dupla mista – Oitavas de final – Sexta, 6h30, sem adversários definidos.

Caroline Kumahara – Disputa o terceiro evento internacional consecutivo nesta temporada. “Na Alemanha, perdi na estreia, mas fiz um bom jogo. Tive um bom torneio na Espanha, ganhei de uma japonesa e fiz boa partida contra a outra japonesa. Senti evolução em vários pontos. Conforme o tempo vai passando, vou pegando mais ritmo e executando melhor e com mais frequência alguns golpes. Consequentemente, espero conseguir melhores resultados”, diz Caroline, que mostra otimismo sobre o torneio em Lisboa.

“A consistência é essencial. Essa confiança vai ser importante para começar bem aqui em Portugal. Consegui treinar bastante durante e depois do Aberto da Espanha. Me preparei melhor do que o habitual nos campeonatos. Me traz segurança e confiança para ter um bom desempenho”, avisa.

Estreias: Individual – Fase Preliminar Única – Quinta, 10h05, contra Anna Kirichenko (FIN); Dupla feminina (joga com Jessica Yamada) – Fase preliminar 1 - Quinta, 16h10, sem adversárias definidas; Dupla mista (joga com Thiago Monteiro) – Fase Preliminar Única – Quinta, 7h, contra Samuel Kaluzny e Tatiana Kukulkova (SLO).

Cazuo Matsumoto – Primeiro latino-americano a vencer uma etapa do Circuito Mundial, em 2013, na Espanha, não tem sido figura frequente nos Abertos Internacionais. Em 2019, participou apenas do torneio no Paraguai e mostrou seu habitual talento.

Estreia: Individual – Fase preliminar 1 – Quarta, meio-dia, contra Mihai Bobocica (ITA).

Humberto Manhani – Joga o segundo torneio internacional consecutivo. Atuando na Espanha, conhece de perto o clima da competição. Enfrenta um adversário sul-americano na primeira fase preliminar e tenta surpreender.

Estreia: Individual – Fase preliminar 1 – Quarta, 12h45, contra Juan Lamadrid (CHI).

Jessica Yamada – Apesar da curta participação na Copa Pan-Americana, quando enfrentou Adriana Diaz, a campeã e número 20 do mundo, teve bons momentos na partida e vem crescendo em disputas internacionais. Da mesma forma que Bruna, enfrentou a longa viagem.

Estreias: Individual – Fase Preliminar Única – Quinta, 10h05, contra Jennifer Jonsson (SWE); Dupla feminina (joga com Caroline Kumahara) – Fase preliminar 1 - Quinta, 16h10, sem adversárias definidas; 

Thiago Monteiro – Chega mordido para o torneio em Portugal. Ficou nas quartas no torneio de duplas da Espanha, mas caiu na estreia no individual. Experiente, é o cabeça de chave número 15, fazendo a dupla número 3 com Vitor Ishiy. Não será surpresa se brigar entre os primeiros.

Estreias: Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversário a definir); Dupla masculina – Oitavas de final - Sexta, 13h55, sem adversários definidos; Dupla mista (joga com Caroline Kumahara) – Fase Preliminar Única – Quinta, 7h, contra Samuel Kaluzny e Tatiana Kukulkova (SLO).

Vitor Ishiy – Na briga direta por vaga para a Seleção Brasileira na Olimpíada de Tóquio, vive o melhor momento na carreira. Por pouco não passou para a chave principal na Alemanha. É o que está nas melhores posições de cabeça de chave entre os brasileiros: 10 no individual, 3 nas duplas masculinas (com Thiago Monteiro) e 7 nas duplas mistas (com Bruna Takahashi).

Estreias: Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversário a definir); Dupla masculina – Oitavas de final - Sexta, 13h55, sem adversários definidos; Dupla mista – Oitavas de final – Sexta, 6h30, sem adversário definido.

Foto: ITTF

Nenhum comentário:

Postar um comentário