Rússia deve perder ouro olímpico do revezamento de biatlo em Sochi 2014 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Rússia deve perder ouro olímpico do revezamento de biatlo em Sochi 2014

Compartilhe

A Rússia deve perder mais uma medalha por doping, dessa vez no biatlo dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014. A União Internacional do Biatlo (IBU) anunciou no sábado (15) a proibição de dois anos para Evgeny Ustyugov, membro da equipe masculina de revezamento que conquistou o ouro a seis ano atrás, pelo uso do esteróide proibido oxandrolona na época dos Jogos.

Além disso, seus resultados da temporada 2013/14 foram desqualificados, incluindo a vitória em Sochi. Depois da confirmação da punição pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), a Rússia cairá do primeiro lugar do quadro de medalhas, ficando com 10 ouros contra 11 da Noruega, e 28 medalhas no total, assim como os Estados Unidos. O título olímpico então será herdado pela Alemanha.

Ustyugov, que também está enfrentando outra acusação antidopagem sobre outro assunto, nega qualquer irregularidade e sugeriu que a IBU o estivesse atacando injustamente com uma série de investigações. “Não estou mais surpreso. Um ultraje é um ultraje”, disse ele à agência de notícias estatal russa Tass. "O tempo mostrará quem está certo."

A IBU também anunciou uma sanção semelhante de dois anos para Svetlana Sleptsova, que não conquistou nenhuma medalha em Sochi, por causa da substância proibida ostarine. Os casos estão baseados em dados adulterados do laboratório antidoping de Moscou. Em virtude dessa fraude, a Agência Internacional Antidoping (Wada) também proibiu o nome e a bandeira da Rússia em Tóquio 2020.

Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário