Parada das Nações: Áustria - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Parada das Nações: Áustria

Compartilhe

Sigla: AUT
Medalhas na história: Ouro 18 | Prata 33 | Bronze 36 | Total: 87
No Rio de Janeiro... Ouro 0 | Prata 0 | Bronze 1 | Total: 1

O país da Europa Central é mais conhecido pelas performances nos Jogos de Inverno do que nos Jogos Olímpicos de Verão, em que comumente possui uma participação discreta. A melhor participação da Áustria foi em 1936, quando a delegação obteve 13 medalhas, sendo quatro de ouro. Fora isso, o país nunca teve mais do que dois ouros em uma edição. No Rio 2016 faturou apenas um bronze.

Esportes fortes:

Iatismo: Apesar de não ter mar, a Áustria tem um bom histórico na vela, com três ouros e quatro pratas. Destaque para a dupla Roman Hagara e Hans-Peter Steinacher, com dois ouros na classe Tornado em 2000 e 2004. Em 2016, a única medalha do país veio da dupla Thomas Zajac/Tanja Frank na Nacra 17.

 Levantamento de Peso: A Áustria tem quatro medalhas no levantamento de peso na história, sendo duas de ouro. Mas a última foi obtida em Berlim 1936, com Robert Fein, na categoria até 67.5kg.

 Canoagem: Os austríacos possuem um histórico forte na canoagem, esporte em que o país detém 14 medalhas, sendo 3 ouros. A última medalha austríaca no esporte, entretanto, foi o bronze conquistado em 1968, no K2 1000m da Canoagem Sprint.


Destaques:

Thomas Zajac e Barbara Matz (Vela): Zajac é o atual medalhista de bronze na Nacra 17 e vai buscar com uma nova parceira, Matz, mais uma medalha olímpica.

Jakob Schubert (Escalada Esportiva): Um dos principais atletas da modalidade que fará a sua estreia em Jogos Olímpicos, Schubert foi ouro no Mundial de 2018 e  prata no Combinado do último Mundial e vai brigar pelo topo - literalmente - em Tóquio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário