Mundial de Ciclismo de Pista 2020 - Dia 2


Mais quatro finais foram disputadas no segundo dia do Mundial em Berlim. Depois de bater por duas vezes o recorde mundial da prova masculina da Perseguição por Equipes, a Dinamarca voltou a voar baixo, pulverizando a marca batida no dia anterior. Os dinamarqueses ficaram com o ouro fazendo a marca de 3:44.672, diminuindo em quase dois segundos o recorde batido por eles em duas oportunidades ontem. Nova Zelândia (prata) e Itália (bronze) completaram o pódio.

Na prova não-olímpica do Scratch masculino, o ouro ficou com o bielorrusso Yauheni Karaliok, com o italiano Simone Consonni ficando com a prata e o espanhol Sebastian Mora Vedri ficou com o bronze.

Na final masculina do Keirin, a vitória ficou com o holandês Harrie Lavreysen, com o japonês Yuta Wakimoto ficando com a prata e o malaio Mohd Azizulhasni Awang ficando com o bronze.

E na final feminina da Perseguição por Equipes, os Estados Unidos conquistaram o ouro, batendo a Grã Bretanha na final. O bronze ficou com a Alemanha, que bateu o Canadá na disputa por uma vaga no pódio.

Foto: Divulgação/UCI

0 Comentários