Lenda do atletismo paralímpico, Ádria Santos inicia carreira no ciclismo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Lenda do atletismo paralímpico, Ádria Santos inicia carreira no ciclismo

Compartilhe


Dona de 13 medalhas paralímpicas no atletismo, a ex-velocista Ádria Santos redescobriu em outro esporte o prazer de competir e aos 44 anos, anunciou que está competindo no ciclismo e quer chegar aos jogos de Tóquio 2020

"A bike está me dando aquela adrenalina, não é? A adrenalina de competir, de me sentir atleta, de me sentir capaz e de sonhar alto! " Disse Ádria ao site globoesporte.com

Ádria encerrou a carreira no atletismo em 2012, após uma lesão séria. E só no fim de 2018 que ela começou a praticar o ciclismo. Deficiente visual por conta de uma doença degenerativa, Ádria pedala na bicicleta de dois lugares, a tandem. Na frente vai o piloto, que enxerga e troca as marchas. Atrás, a pessoa com deficiência visual, que precisa sincronizar a pedalada e seguir as orientações para evitar quedas.

Ádria ainda está se adaptando, até agora foram dez provas na nova modalidade. As competições de estrada são as mais desafiadoras porque o corpo dela ainda está acostumado com a explosão dos 100 e 200m.

"Tenho muito que treinar ainda para melhorar o resultado. Se eu conseguir chegar na seleção, vou ficar muito feliz. Vai ser um orgulho grande para mim poder representar de novo o meu país" relevou Ádria.

foto: Arquivo pessoal Adria Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário